Cuiabá, 27 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Sábado, 03 de Outubro de 2020, 11h:23

NOVOS TEMPOS

Assembleia de Deus proíbe pastores de declararem apoio a candidatos

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: reprodução)

Os pastores que declararem apoio a algum candidato nas eleições deste ano podem perder os cargos que ocupam na Assembleia de Deus em Mato Grosso. A decisão inovadora foi feita por meio de comunicado enviado a todos da congregação.

No comunicado, o novo presidente da Assembleia, pastor Silas Paulo de Souza, informa que "aqueles membros da comunidade que saíram como candidatos também deverão entregar seus cargos junto à igreja".

A decisão atinge o vereador e candidato à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Jr (Podemos), que é neto e sobrinho dos antigos presidentes da Assembleia de Deus em Cuiabá, Sebastião Rodrigues e Rubens Siro, que morreram este ano vítimas da covid-19. Ele esperava comtar com o apoio - e votos - da igreja.

O informe circulou na quinta-feira (1º) e marca novos tempos na Assembleia de Deus, que sempre foi palco de eventos políticos durante as eleições. O apoio dos pastores, inclusive, é disputado entre pretensos candidatos, pois alcançam grande número de votos entre os fiéis.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE