Cuiabá, 29 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2017, 09:53 - A | A

04 de Dezembro de 2017, 09h:53 - A | A

POLÍTICA / TRANSFORMANDO VIDAS

Aumento de pacientes, elevam para 15 dias atendimento de Caravana

Da Redação



(Foto: Gcom-MT)

Caravana-Roo.jpg

 

Iniciou neste domingo (03), em Rondonópolis, os atendimentos oftalmológicos realiados pela Caravana da Transformação.Além da principal cidade do Sul do Estado, outros 18 municípios serão atendidos no  estacionamento do Estádio Engenheiro Luthero Lopes até o dia 17 de dezembro com uma estrutura especial para a cidade que é a terceira maior do Estado.

 

De acordo com secretário de Estado do Gabinete de Governo, José Arlindo de Oliveira, devido ao grande contingente populacional, a ação precisou se estender em um período superior ao que vinha sendo realizado. 'Desta vez vamos ficar aqui praticamente 15 dias. Além disso, os serviços e a estrutura também foram ampliados. São mais de 70 serviços oferecidos em um espaço em torno de 13 mil metros, sendo a maior já realizada até hoje'.

 

Para algumas pessoas que esperam a Caravan chegar em sua região, como a dona de casa Maria Ferreira dos Santos, de 66 anos, mais que uma oportunidade única é sonho realizado de voltar a enxergar. A aposentada deixou o assentamento onde mora, conhecido como Carimã, e viajou cerca de 60 quilômetros em busca de tratamento para a sua visão na 11ª edição da Caravana.

 

Há quase quatro anos, Maria começou a reclamar da vista aos familiares. Nos desabafos, a aposentava relatava dificuldades para realizar as atividades doméstica do dia a dia, como lavar roupas e limpar a casa. Mas foi neste ano que a visão de Maria piorou e a dona de casa passou a ver as pessoas e coisas como “vultos” e ter dificuldades para andar sozinha em casa.

 

“Minha mãe reclama muito da falta de visão. Para ir ao banheiro, por exemplo, hoje ela precisa ir se apoiando nos móveis e ainda assim com dificuldade. Ela deseja enxergar de novo para voltar a fazer os serviços domésticos que gostava de realizar. Deus vai nos abençoar para que minha mãe consiga realizar este sonho. O que precisar vou fazer para que isto aconteça”, disse a filha da aposentada, Lordes Ferreira dos Santos, de 40 anos, que acompanha a mãe na consulta.

 

A visão prejudicada de Maria é motivada pela catarata, problema oftalmológico que está afetando 80% da visão da dona de casa e que foi diagnosticado pelos médicos da ação neste primeiro dia de Caravana. 

 

Agora, a aposentada se prepara para operar a vista e realizar o sonho de voltar a enxergar como antes retornando assim às suas tarefas que tanto gostava de fazer. “Tenho esperança de voltar a enxergar porque quero fazer as minhas coisas: cozinhar, lavar e fazer os serviços da casa”, disse Maria. 

 

Para a coordenadora de saúde da Caravana da Transformação, Simone Balena, os pacientes que chegam até a caravana já estão regulados. Só de Rondonópolis existem pacientes que estão há mais de quatro anos na espera pela cirurgia.

 

'Assim, todos aqueles que estavam na regulação, identificados com baixa visão e que necessitam deste acolhimento foram devidamente regulados e agendados do dia de hoje até o dia 10. Disponibilizamos vagas os municípios da região e hoje começou o apoio de diagnóstico, consulta e exames, para ter certeza sobre o problema e encaminhá-lo para cirurgia, que é realizada a nível ambulatorial', explicou

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia