Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2021

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021, 11h:15

APÓS VETO DO GOVERNO

Botelho usará a Procuradoria da AL para defender lei aprovada que isenta aposentados e pensionistas

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Assessoria)

O presidente da Assembleia Legislativa Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), disse que a Casa deve colocar em pauta o mais rápido possível o veto da Procuradoria Geral do Estado (PGE) à lei que isenta os aposentados e pensionistas.

Em dezembro do ano passado, a Assembleia aprovou, em 1ª votação, com 13 votos para o fim do desconto previdenciário para servidores aposentados e pensionistas de Mato Grosso, até o valor do teto do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Porém, esta semana, a PGE emitiu parecer contrário à sanção do Projeto de Lei, nº 36/2020, aprovado pela Casa de Leis, que prevê a revogação da alíquota de 14%. O parecer foi assinado pelo procurador do estado, Daniel Gomes Soares de Souza.

“Nós vamos colocar [em pauta] e fazer a apreciação novamente. Eu não sei qual vai ser o resultado, porque a votação é secreta, mas nós já vamos colocar nas primeiras semanas para votação o mais rápido possível”, disse.

Segundo Botelho, se a votação dos deputados for a favor para derrubar o veto do Governo do Estado, a Assembleia está disposta a colocar a Procuradoria da Casa para defender o que for aprovado.

O projeto garante a isenção da contribuição previdenciária sobre pensões e aposentadorias de servidores estaduais até o valor do teto do INSS, que hoje é de R$ 6,1 mil.

O procurador cita “vício de iniciativa, por se tratar de norma cuja competência é exclusiva do governador do Estado” e apontou ainda a “inconstitucionalidade da matéria, por instituir ato que configura renúncia de receita, sem, em contraponto, apresentar previsão de estimativa de impacto orçamentário-financeiro”.

“E aí derrubado o veto, o Governo tem um caminho da Justiça e nós vamos colocar a nossa procuradoria para defender o que foi aprovado na Assembleia”, disparou Botelho.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE