Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017, 13:45 - A | A

16 de Outubro de 2017, 13h:45 - A | A

POLÍTICA / REDE DE ESCUTAS

Decisão em sigilo e análise de grampos no STJ não é vitória e nem derrota, avalia Taques

Da Redação



(Foto: Reprodução)

Pedro Taques

 

 

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou durante uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (16), que não avalia como ‘vitória ou derrota’ a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em investigar o esquema das interceptações telefônicas, pois o pedido que o esquema fosse investigado partiu dele mesmo.

 

O pedido do governador foi feito no final do mês passado e deferido na sexta-feira (13), pelo ministro do STJ, Mauro Camphell. Ele, agora, será o responsável pela investigação que tramita no Tribunal de Justiça, sob a relatoria do desembargador Orlando Perri.

 

"Não considero uma vitória ou derrota, mas o cumprimento da lei", declarou ele. 

 

Na avaliação de Taques, como a investigação o coloca como participante, então o STJ que deveria ser a instância competente para seguir com o processo. 

 

“Não tenho crise com o Poder Judiciário. Todo dia trato com o presidente do TJ, Rui Ramos, as questões institucionais. Sobre as decisões do desembargador, protocolei o pedido no STJ, que deferiu. Daqui para frente está judicializado. Eu não trato mais disso, porque está judicializado. A partir do momento que fiz o pedido ao STJ e foi deferido, cabe ao Judiciário resolver e eu respeito as instituições. Nada pesa, porque nada fiz”, afirmou.

 

Operação Esdras

O ex-secretário de Estado de Segurança, Rogers Jarbas e José Marilson da Silva, proprietário da empresa que desenvolveu o sistema de monitoramento clandestino foram presos durante a operação Esdras. 

 

Além dos mandados de prisões, a operação também cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas de Helen Christy Dias Lesco e Evandro Lesco, do 2º sargento João Ricardo Soler, Major Michel Ferronato, Roger Jarbas, Airton Siqueira, José Marilson, José Renato Martins e Paulo Taques.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia