Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 27 de Março de 2017, 09:22 - A | A

27 de Março de 2017, 09h:22 - A | A

POLÍTICA / DESVIO E RECEBIMENTO DE VANTAGENS

Denúncias de corrupção já passam de 100, aponta Gabinete da transparência

Por Suelen Alencar/ Única News



Fausto Freitas - Secretário de Estado de Transparência e Combate à Corrupção.jpg

 

O governo do estado de Mato Grosso, por meio do canal de denúncias criado pelo Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), registrou 110 denúncias de improbidade administrativa ou atos que configurem corrupção entre os meses de janeiro de 2016 e março de 2017. Segundo o gabinete, as denúncias lavradas estão suspeitas de corrupção em contratos para prestação de serviços ou aquisição de produtos, desvios de recursos públicos e recebimento de vantagem para dar celeridade a processos.

 

Um dos casos citados, trata-se do caso de um homem que foi preso em flagrante em fevereiro deste ano por oferecer dinheiro a servidores da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) em troca de vantagens para as empresas representadas por ele. A denúncia feita por servidores da Sinfra foi encaminhada para o Gabinete de Combate à Corrupção e investigada pela Delegacia Fazendária (Defaz).

 

Por conta dessas denúncias , o Gabinete de Transparência já capacitou 1.457 servidores no sentido de conscientização e necessidade de um comportamento dentro das normas éticas e morais. O próximo passo será levar às escolas um circuito de palestras de combate à corrupção. A meta é atingir aproximadamente dois mil alunos até o final deste ano, conforme adiantou e secretário do gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, delegado Fausto Freitas. 

 

“As denúncias feitas no canal geram um protocolo e a pessoa consegue acessá-lo depois utilizando o número para consultar o status. É importante lembrar o denunciante que, se ele conseguir informações complementares, pode mandá-las porque às vezes ele passa uma informação superficial que dificulta a apuração do caso”, explicou. 

 

O canal de denúncias permite que qualquer pessoa envie denúncias pelo site www.denunciaagora.com.br, por ofício, pelo telefone (65) 3613-4558 ou pessoalmente no GTCC, localizado na Avenida 1 - Complexo Palácio Paiaguás (Centro Político Administrativo), das 13h às 19h. O denunciante pode manter o anonimato.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia