Cuiabá, 17 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Domingo, 29 de Novembro de 2020, 20h:01

PEDIU BANDEIRA BRANCA

Emanuel manda recado a Mendes: "Baixa a guarda. Nós dois juntos, ninguém segura"

Claryssa Amorim
Única News

Gilberto Leite

Após sua vitória neste domingo (29), o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (MDB) admitiu que seu relacionamento com o governador Mauro Mendes (DEM) precisa melhorar e pediu a “bandeira da paz”. Pinheiro disse que o resultado desse segundo turno foi um recado da população para que se encerre a rivalidade entre os dois.

Emanuel disputou o segundo turno pelo Palácio Alencastro com seu maior adversário, desde quando assumiu a prefeitura no mandato passado, o vereador Abilio Junior (Podemos).

“Eu amo Cuiabá. Mexeu com Cuiabá, mexeu comigo. Temos que construir uma ponte, acabar com isso, governador do Estado de Mato Grosso. Nós já tivemos um bom relacionamento de amizade, de respeito. Para com isso. Baixa essa bandeira, essa guarda e levanta a bandeira da paz. Nós dois juntos, ninguém segura Cuiabá”, disse ele, mandando a mensagem diretamente a Mauro Mendes.

A rivalidade entre Pinheiro e Mendes já dura anos. Desde o início da campanha à Prefeitura de Cuiabá, o governador declarou seu apoio aos adversários do emedebista, primeiro a Roberto França (Patriota), que perdeu no primeiro turno, e depois a Abilio Junior, aumentando ainda mais a rixa, com declarações fortes e ofensivas, que geraram vários processos judiciais.

O prefeito disse que o relacionamento dos dois precisa de uma “ponte” para conseguir harmonia, e seu filho, deputado federal, Emanuelzinho (PTB), vai tentar intermediar uma reunião.

“Olha o recado da população cuiabana para nós dois. Não foi só para mim, foi para nós dois. Eu quero construir uma ponte entre nós dois. Está aqui a ponte: Emanuel Pinheiro Neto vai te pedir uma audiência. Emanuelzinho vai te ligar e vai te pedir uma agenda e vamos acabar com isso. Chega disso. Já passou”, disparou.

Por fim, Emanuel disse que está disposto a melhorar o relacionamento e pediu um “basta”. Para ele, o momento é de harmonizar e fazer com que a cidade cresça cada vez mais.

“Nós dois juntos, Cuiabá vai ganhar muito mais, a população cuiabana vai ganhar muito mais. Ninguém segura Cuiabá. Essa é a minha proposta para você: chega, basta de ataques e acusações, de agressões gratuitas, que não levam a nada. Vamos juntos, eu e você, trabalhar cada vez mais pelas necessidades da minha terra natal”, disparou ao responder questionamentos dos jornalistas em frente à sua residência, após o resultado das urnas.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE