Cuiabá, 28 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017, 15:11 - A | A

14 de Fevereiro de 2017, 15h:11 - A | A

POLÍTICA / 5º FASE DA SODOMA

Empresários envolvidos na Sodoma têm prisão decretada em SC

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Reprodução)

746794d2ac4c6844051d77edb5c72aff.jpg

 Wanderley Torres envolvido na quinta fase da Operação Sodoma

Os empresários Valdísio Juliano Viriato e Wanderley Facheti Torres envolvidos na 5º fase da operação Sodoma, tiveram mandados de prisão cumpridos no estado de Santa Catarina, nesta terça (14). Valdísio teve mandado cumprido em Balneário, enquanto Facheti foi detido em Itajaí.

 

Além do pedido de prisão, a Justiça decretou apreensão de imóveis - apartamentos localizados em Balneário Camboriú, Cuiabá e Várzea Grande, como o bloqueia de contas bancárias dos envolvidos.

 

Além da prisão preventiva, Valdísio teve expedido contra ele mandados de busca e apreensão em três apartamentos, localizados no Centro de Balneário Camboriú (SC). O empresário também teve as contas pessoais e jurídicas bloqueadas.

 

Contra Wanderley, foram três mandados de busca e apreensão, em apartamentos de Cuiabá, Várzea Grande e Itajaí (SC).

 

A Delegacia Fazendária do Estado (Defaz) deflagrou na manhã desta terça (14), um novo desdobramento da operação que investiga fraudes de licitação, corrupção, peculato e organização criminosa em contratos com uma empresa de informática e um posto de combustível.

 

Segundo a Polícia Civil, as duas empresas, juntas, receberam aproximadamente R$ 300 milhões, entre os anos 2011 a 2014. Com o dinheiro desviado, as empresas fizeram pagamento de propinas em benefício da organização criminosa no montante estimado em mais de R$ 7 milhões.

 

Nomes como do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), já investigado em outras fases da Sodoma, a quinta fase trás envolvidos no esquema, os empresários já citados acima e do ex-secretário de Administração, o advogado Francisco Faiad.

 

Leia Mais

 

Desvio em secretaria, na era Silval, pagou dívida de campanha de quase R$ 2 milhões

Ex-secretário de administração Francisco Faiad é preso nesta terça

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia