Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020, 08h:37

QUEIMADAS

Faissal quer apoio da FAB e aviões agrícolas contra incêndios no Pantanal

Única News
Com Assessoria

ALMT

O deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou, na sessão plenária desta semana, na Assembleia Legislativa, uma indicação que cobra do governo de Mato Grosso e da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) medidas necessárias para contenção e combate ao incêndio no estado.

Com a série de queimadas que afetam a região do Pantanal mato-grossense, o parlamentar pediu para que o governo estadual busque, junto ao Ministério da Defesa, o emprego de seus meios de coordenação e controle, em conjunto com o Corpo de Bombeiros local, bem como de aeronaves. Além disso, ele requereu a contratação da equipe de aviação agrícola brasileira, que é equipada e treinada para combater o incêndio.

“O nosso gabinete buscou subsídios junto aos respeitados comandantes Antônio Carlos, Celso e Cabaça, cuja experiência somada resulta em mais de 50.000 (cinquenta mil) horas de voo em aviação agrícola, oportunidade em que fomos informados que possuímos no país cerca de 2.000 (duas mil) aeronaves com capacidade de efetuar um ataque eficiente aos focos de incêndio, sendo que 500 (quinhentas) estão alocadas em Mato Grosso e paradas nesse período de entressafra”, justificou o deputado do PV na tribuna.

Segundo Faissal, existem também brigadas civis treinadas para terminar o serviço em terra, uma vez que só o avião não resolve, ao passo que pequenas brasas sobreviventes podem reacender a fornalha.

“Esses aviões não precisam de pistas preparadas e podem operar a partir de estradas, fatos que se traduzem em velocidade e economia na operação. Importante destacar ainda que FAB também presta esse tipo de serviço e inclusive realizou recentemente uma intervenção no Pantanal sul-mato-grossense, sendo disponibilizados na oportunidade uma aeronave C-130 especialmente modificada para a missão e helicópteros de grande porte para combate ao incêndio”, complementou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE