Cuiabá, 08 de Agosto de 2020

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 02 de Julho de 2020, 12h:38

POR MAIS 2 MESES

Fávaro pede prorrogação do prazo de cadastramento do auxílio emergencial

Claryssa Amorim
Única News

Agência Senado

O senador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), encaminhou um ofício pedindo ao ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, a prorrogação do prazo de cadastramento no programa do "auxílio emergencial". O prazo para os trabalhadores informais, desempregados, microempreendeores individuais (MEI), autônomos e pessoas de baixa renda, têm até hoje para se cadastrarem no programa e receberem auxílio de R$ 600.

Segundo o ofício, o senador aponta que pessoas desempregadas, por exemplo, podem ser prejudicados, pois a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) referente a ano de 2019, não foram atualizadas pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (DataPrev, Justiça do Trabalho e o Ministério da Cidadania. Sendo assim, aqueles que foram demitidos no ano passado não estão conseguindo realizar o cadastro correto para receber o auxílio.

Além das pessoas que estão desempregadas desde o ano passado, aqueles que também foram demitidos esse ano - por empresas e-social e as pequenas e médias empresas (Caged/GFIP) -, também estão encontrando problemas, pois os dados ainda estão sendo processados e atualizados pelos órgaos.

Fávaro pede que a Rais tome as devidas providências para que os cidadãos não sejam prejudicados. E ainda a prorrogação do prazo para cadastramento por mais dois meses.

"Outrossim, solicito ainda a prorrogação do prazo para cadastramento pelo período de 2 (dois) meses, de forma que este cadastro efetivamente atenda os cidadãos, garantindo-se assim a sobrevivência de milhões de famílias brasileiras", finalizou solicitando.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE