Cuiabá, 27 de Maio de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2017, 11:56 - A | A

22 de Dezembro de 2017, 11h:56 - A | A

POLÍTICA / EM MATO GROSSO

Neurilan afirma que outros dois prefeitos receberam ameaças de morte

Da Redação



(Foto: Internet)

Neurilan Fraga

 

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM-MT), Neurilan Fraga, afirmou na manhã desta sexta-feira (22), durante coletiva de imprensa, que dois prefeitos receberam ameaças de morte nos últimos meses.
 
Sem citar nomes e os motivos, Neurilan afirmou que a Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), já começou a investigar os casos.
 
Aos jornalistas, Neurilan afirmou que os fatos assustam porque logo depois das denúncias, o prefeito de Colniza, Esvandir Mendes (PSB), popularmente conhecido como Vando, foi assassinado quando voltava para casa com a esposa e o secretário de Finanças. Sem chances de ser socorrido, Vando morreu ainda no local do crime com um ferimento no tórax e na cabeça. 
 
"Eu não posso dar detalhes sobre os casos para não atrapalhar as investigações. Repassei todos os casos para o conhecimento do Estado. Agora, o que me assusta é que nesses locais de denúnica um deles a segurança é feita apenas como um policial. Pensando nesse ponto, como a segurança dos representantes podem ser garantidas", indagou.
 
Ainda conforme o presidente, logo quando receberam as primeiras ameaças, os prefeitos ficaram com receio de denunciar, mas logo depois de ver o caso de Esvandir todos tomaram coragem e acabaram pedindo por providências.
 
"Ficaram pressionados e pediram ajuda. Mas, como as investigações estão no começo não dá para saber se os fatos tem relação política", finalizou.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia