Cuiabá, 01 de Março de 2021

POLÍTICA MT
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021, 16h:56

TRETEIRO

Para defender Bolsonaro, Barbudo detona Luciano Huck nas redes sociais

Abraão Ribeiro
Única News

Foto: Facebook

Especialista em defender o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o deputado federal por Mato Grosso, Nelson Barbudo (PSL), detonou o apresentador de TV e possível candidato à presidência da República em 2022, Luciano Huck, como vem sinalizando nos últimos tempos.

Nesta terça-feira (19), em suas redes sociais, Barbudo foi pra cima de Huck, tecendo críticas em relação ao comportamento do apresentador em gestões passadas, usando palavras chulas e até imitando, de forma jocosa, o bordão do global “loucura, loucura, loucura”.

No vídeo, de 3:33 minutos, o deputado pergunta ao apresentador “onde ele estava quando o PT roubava”, fazendo referência aos escândalos de corrupção nas gestões presidenciais de Lula e Dilma.

Além disso, fez comparações entre as ações de artistas que enviaram cilindros de oxigênio para Manaus, que vive um caos na rede de saúde por falta de leitos e oxigênio para pessoas contaminadas com a Covid-19.

Barbudo usou o cantor Gusttavo Lima como exemplo, que assim como outros artistas, mandou 150 cilindros para aos manauaras. Disse ainda que Huck “não fez nada para ajudar as pessoas que lá morriam”.

Entre os impropérios e acusações, o deputado federal chamou Huck de “tucano sem pena” e ainda profetizou que o apresentador vai “tomar um cacete” de Bolsonaro nas eleições vindouras, já até antevendo a reeleição do presidente em 2022.

A revolta de Barbudo vem do fato que o PSDB articula o nome de Luciano Huck para disputar as eleições presidenciais no ano que vem.

Em novembro de 2020, o presidente nacional do PSDB, deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), afirmou que o apresentador Luciano Huck "está no jogo" para disputar as eleições.

"Ele [Huck] está no jogo, dá sinais que é candidato a presidente. Tem que de fato saber se ele leva até o fim. Na eleição passada, há alguns meses da convenção, ele publicou um artigo desistindo do processo. Durante a eleição, durante a crise do coronavírus, ele deu uma mergulhada, desapareceu fortemente, vinha num ritmo mais intenso, deu inclusive a percepção que havia perdido muito da vontade. Voltou a fazer movimento”, afirmou Araújo.

Veja o vídeo de Nelson Barbudo atacando Luciano Huck:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE