Cuiabá, 30 de Maio de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 30 de Junho de 2017, 09:29 - A | A

30 de Junho de 2017, 09h:29 - A | A

POLÍTICA / FRAUDES EM CONTRATOS

Servidor do TCE e cargo de confiança de Maluf são alvos do Gaeco na Convescote

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Reprodução)

AL_MT.jpg

 

O diretor Financeiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Eneias Viegas da Silva foi levado coercitivamente pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) para depor após deflagração da segunda fase da Operação Convescote na manhã desta sexta (30).

 

Além de Eneias, o assessor do deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), Sued Luz também se tornou alvo da operação. Cerca de 13 mandados de condução coercitiva e busca e apreensão estão sendo cumpridos desde a manhã desta sexta.

 

A operação visa desarticular uma organização criminosa engendrada para saquear os cofres públicos, notadamente recursos públicos da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso e Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, por intermédio da Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (FAESP).

 

Além do crime de constituição de organização criminosa, também há indicativos da prática de peculato, lavagem de capitais e corrupção ativa. Entre os alvos dos mandados estão servidores do Tribunal de Contas e da Assembleia Legislativa, bem como funcionários do Sicoob e Faesp.

 

A assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) informou ao site Única News que até o momento não foram cumpridos mandados de prisões na Casa de Leis. 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia