Cuiabá, 12 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 17 de Junho de 2019, 17:32 - A | A

17 de Junho de 2019, 17h:32 - A | A

POLÍTICA / PROBLEMA NA TRANSFERÊNCIA

Servidores da Santa Casa ainda não receberam salários, conforme previsto

Euziany Teodoro
Única News



Os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, há mais de oito meses com salários atrasados, ainda não receberam os proventos, conforme prometeu o Governo do Estado. Um repasse de R$ 3 milhões foi feito, via Tribunal Regional do Trabalho (TRT), mas ainda não caiu na conta dos servidores.

De acordo com o TRT, houve um problema na transferência do dinheiro no Banco do Brasil e na Caixa Econômica, responsáveis pelo pagamento efetivamente. A expectativa é que os recursos seriam pagos na última sexta-feira (14), mas a previsão, agora, é que os salários sejam pagos até a próxima quarta-feira (19).

Acumuladas, as folhas totalizam R$ 10,8 milhões. Conforme ofício assinado pelo secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo, esse valor será pago em seis parcelas.

Após uma crise financeira que ocasionou o fechamento da unidade de saúde, no dia 11 de março, e que gerou uma dívida total de R$ 118 milhões, o governo do Estado anunciou, no início do mês de maio, uma medida emergência e passou a gerir o hospital.

A previsão é que a reabertura da Santa Casa vai custar aos cofres públicos do estado até R$ 15 milhões mensais. Esse valor não será utilizado para pagar as dívidas que o hospital tem com funcionários, bancos e fornecedores, já que a medida emergencial adotada pelo Governo não se trata de uma intervenção.

Na prática, é como se o Estado estivesse alugando o espaço de forma emergencial, para garantir os serviços de saúde à população, o que não obriga o governo a ser responsável pelas dividas do antigo hospital filantrópico.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia