Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 10 de Outubro de 2017, 15:00 - A | A

10 de Outubro de 2017, 15h:00 - A | A

POLÍTICA / INVESTIGADO

Servidores do estado são alvos de operação por vender lacres falsos de tornozeleiras

Jéssica Moreira



(Foto: Reprodução)

151208112935_tornozeleira3_640x360_governodegoias_nocredit.jpg

 

Quatro servidores da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) foram encaminhados na manhã desta terça-feira (10), para a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), por indícios de comercialização de lacres falsos de tornozeleiras eletrônicas.

 

Procurada pelo Única News, a Sejudh disse que o jurídico irá se pronunciar no período da tarde. Até a publicação desta matéria, nenhum processo administrativo foi aberto para investigar os envolvidos.

 

De acordo com o delegado da GCCO, responsável pelas investigações, Diogo Santana Souza, oito ordens judiciais, sendo quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e quatro conduções coercitiva foram cumpridas nesta manhã.

 

O alvo era apreender os aparelhos telefônicos, todos os 4 servidores foram abordados em casa, prestaram depoimento e em seguida foram liberados.

 

Os investigados são servidores estaduais, que supostamente estariam recebendo vantagens indevidas para alterar dados do sistema de monitoramento eletrônico da Sejudh.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia