Cuiabá, 28 de Março de 2020

POLÍTICA
Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020, 10h:46

CONFUSÃO NO CENTRO DE CUIABÁ

"Amarelinhos" fazem B.O. contra Abílio e vereador envia vídeo que contradiz agentes

Ana Adélia Jácomo
Única News

Divulgação

O vereador Abílio Júnior (PSC) é acusado de se envolver em uma confusão na manhã de terça-feira (18), durante uma manifestação convocada por ele, em protesto à sua provável cassação de mandato, que tramita na Câmara de Cuiabá.

De acordo com informações de um boletim de ocorrência, dois agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) acionaram a Polícia Militar, após uma confusão generalizada causada, supostamente, pelo vereador.

Segundo os agentes, Abílio teria tentado impedir que dois veículos fossem guinchados por estar estacionados em local proibido. Narra o documento que os “amarelinhos”, como são conhecidos os agentes, removeram um Renault Sandero branco e, ao tentar guinchar o segundo carro, um VW Virtus prata, o vereador Abílio interviu.

“Veio correndo, gritando ‘não, não vai’, chamando uma multidão atrás dele. O vereador passou a instigar essa multidão para impedir o exercício legal da profissão dos agentes. Estimulava essa multidão a praticar vandalismo, dos quais chutavam a viatura da Semob e hostilizavam os agentes de trânsito que foram muito xingados com palavras de baixo calão”, relata o documento.

Os agentes não conseguiram remover o segundo veículo estacionado em local irregular e acionaram a PM para, segundo eles, “evitar uma tragédia”.

O outro lado

A reportagem recebeu uma nota e um vídeo da assessoria de imprensa do vereador. Nas imagens, é possível ver que Abílio tenta apartar a confusão e reafirma várias vezes que o carro está estacionado em local irregular e que, por isso, precisa sim ser guinchado. A reportagem não identificou, pelo vídeo, o momento citado pelos agentes no boletim de ocorrência, quando afirmam que o vereador teria incitado a confusão.

Veja a nota na íntegra:

1. O vereador Abilio não possui carro atualmente;
2. O vereador soube do tumulto entre os manifestantes e os agentes da SEMOB, e foi até o local para conter os manifestantes;
3. O vereador Abilio, inclusive, explicou aos manifestantes que, realmente o veículo em questão estava estacionado em local proibido;
4. O próprio vereador quem orientou os manifestantes a recuarem;
5. Momento algum o vereador Abilio xingou ou gritou com os agentes;
6. A postura do verador Abilio foi, exclusivamente, conter os manifestantes, evitando qualquer situação de agressão;
7. Tudo pode ser observado no vídeo.

Assessoria de Imprensa
Vereador Abilio Junior

Cassação

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Vereadores de Cuiabá votou pela cassação do mandato do vereador na semana passada. Abílio é acusado de quebra de decoro parlamentar, abuso de prerrogativa e calúnia.

A cassação do mandato foi embasada em dois fatos: um vídeo em que Abílio acusa outros quatro vereadores de tê-lo ameaçado de morte e uma invasão ao Hospital Municipal São Benedito. Veja mais detalhes aqui.

Veja o vídeo da confusão:

 

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE