Cuiabá, 20 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 29 de Maio de 2024, 06:55 - A | A

29 de Maio de 2024, 06h:55 - A | A

POLÍTICA / "DIREITOS IGUAIS"

Fagundes compara Bolsonaro com Lula e pede anistia ao ex-presidente: “Lula também saiu da prisão"

Fred Moraes
Única News



O senador por Mato Grosso, Wellington Fagundes (PL), defendeu a aplicação de anistia ao ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), condenado à inelegibilidade pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abuso de poder político e econômico nas eleições de 2022.

O parlamentar chegou a fazer uma rápida comparação ao presidente Luiz Inácio da Silva, preso em 2018 pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do "triplex do Guarujá", mas inocentado por erros em processos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante participação no Jornal do Meio-Dia, da TV Vila Real, na segunda-feira (27), Fagundes afirmou que Bolsonaro está sendo condenado por “falas” durante sua pré-campanha e possui direito de conseguir pleitear candidatura. Ele ainda disse que mesmo com toda a turbulência envolvendo Jair, a popularidade do ex-presidente segue em alta no interior de Mato Grosso.

“Fiz um giro pelo nortão do Estado, em Sinop, Sorriso e Feliz Natal e é impressionante como o povo quer a volta de Bolsonaro. O Moro foi inocentado e hoje já tem um movimento muito forte entre nós porque o presidente Bolsonaro tem que ser anistiado. O Lula saiu da prisão pode ser candidato, Bolsonaro por uma fala não pode ser?”, questionou Fagundes.

Anistia é o termo que se usa na linguagem jurídica conceder perdão aos culpados por delitos coletivos, especialmente de caráter político, para que cessem as sanções penais contra eles e se ponha em perpétuo silêncio o acontecimento apontado como criminoso.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia