Cuiabá, 19 de Junho de 2024

VARIEDADES Segunda-feira, 09 de Janeiro de 2023, 09:21 - A | A

09 de Janeiro de 2023, 09h:21 - A | A

VARIEDADES / EM ENTREVISTA

Harry chama a rainha consorte Camila Parker de "vilã" e "perigosa"

Em bate-papo com Anderson Cooper neste domingo (8), Duque de Sussex fez novas exposições e revelações bombásticas sobre a sua relação com a família real

Revista QUEM
Única News



príncipe Harry falou sobre a sua relação com a família real e chamou a rainha consorte Camilla Parkler Bowles de "vilã perigosa" na entrevista para Anderson Cooper, no 60 Minutes para a CBS. Além de ter falado bastante sobre o pai, o rei Charles III, e o irmão, o príncipe William, o Duque de Sussex alfinetou a madrasta.

Na entrevista, Harry alegou que Camilla Parker-Bowles precisava “melhorar a sua imagem” depois que a princesa Diana a descreveu como sendo a “terceira pessoa” no casamento dela e de Charles, referindo-se a uma entrevista de 1995 na qual sua mãe falou sobre o relacionamento deles antes.

“Ela era a vilã. Ela era a terceira pessoa no casamento. Ela precisava reabilitar sua imagem”, disse Harry na entrevista, pontuando que ela se tornou uma pessoa perigosa devido à maneira como se relacionava com a imprensa.

Harry disse, no bate-papo, que Camila tinha o costume de "trocar informações" com a imprensa na tentativa de obter histórias mais positivas sobre ela, e sugeriu que suas "conexões" com a mídia acabariam com "pessoas ou corpos deixados na rua".

"Havia uma vontade aberta de ambos os lados para troca de informações. E com uma família construída na hierarquia e, com ela no caminho para ser rainha consorte, haveria pessoas ou corpos deixados na rua por causa disso. Se você for levado a acreditar, como membro da família, que estar na primeira página e histórias positivas escritas sobre você vai melhorar sua reputação ou aumentar as chances de você ser aceito como monarca pelo público britânico, então é isso que você vai fazer", disse.

Na entrevista da princesa Diana com Martin Bashir, da BBC, em 1995, ela abordou publicamente pela primeira vez as alegações de que Charles e Camilla tiveram um caso enquanto ela era casada. “Éramos três neste casamento, então estava um pouco lotado”.

Em outra parte da entrevista para Cooper, Harry também falou em como não achava necessário que seu pai se casasse com Camilla e chegou a revelar que ele e seu irmão, o príncipe William, imploraram para que ele não se casasse.

Ele admitiu que achava que seu pai fazendo isso "causaria mais mal do que bem" e que simplesmente estar em um relacionamento com ela deveria ter sido o suficiente.

“Queríamos que ele fosse feliz e vimos como ele estava feliz com ela, então na época estava tudo bem", pontuou.

As críticas à rainha consorte não devem parar na entrevista, já que sua autobiografia, Spare, chegará às bancas nesta terça-feira (10). Em uma seção do livro, Harry teria acusado Camilla de vazar informações para a mídia como parte de uma “campanha” para tomar a Coroa.

“Pouco depois de nossos encontros privados com ela, ela começou a desenvolver sua estratégia de longo prazo, uma campanha direcionada ao casamento e com o tempo, a Coroa (com a bênção de nosso pai, supomos). As notícias começaram a aparecer em todos os jornais sobre suas conversas com Willy, histórias que contavam muitos pequenos detalhes, nenhum dos quais vinha do meu irmão, é claro", dizia passagem do livro.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia