Cuiabá, 25 de Maio de 2024

VARIEDADES Terça-feira, 29 de Novembro de 2016, 12:00 - A | A

29 de Novembro de 2016, 12h:00 - A | A

VARIEDADES / JUSTIÇA

Luiza Brunet e Lírio Parisotto ficarão frente a frente na Justiça nesta terça

Atriz e empresário farão declarações para juíza sobre o suposto caso de agressão física denunciado por Luiza em maio deste ano.

Do EGO



(Foto: Instagram / Reprodução)

Luiza Brunet e Lirio Parisotto.

Luiza Brunet e Lírio Parisotto vão se encontrar nesta terça-feira, 29, quando a juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcante, da Vara do Foro Central da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, pretende ouvir o depoimento de Luiza e interrogar Parisotto. Na ocasião, acontece também o julgamento do empresário, que está sendo acusado de agredir a ex-mulher em maio de 2016 nos Estados Unidos, e em dezembro de 2015, no Brasil. As declarações perante a juíza acontecerão no Fórum Criminal da Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo.

Segundo o advogado de Luiza, Pedro Fonseca Neto, os dois serão ouvidos pela Justiça no mesmo horário e irão se encontrar durante determinado momento.

Parisotto é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de ter cometido dois crimes contra Luiza: de lesão corporal grave e leve. O empresário pode ser condenado de 1 ano e meio até oito anos de prisão, já que ele está sendo responsabilizado nos termos da Lei Maria da Penha, que endurece a pena.

 

Entenda o caso


Luiza acusa o ex-marido, Lírio Parisotto, de tê-la espancado e lhe quebrado quatro costelas, em maio deste ano, em Nova York. A suposta briga entre Lírio e a ex-namorada teria ocorrido no apartamento do empresário na cidade. Luiza estava nos Estados Unidos para acompanhar o então namorado no prêmio "Homem do Ano".

Parisotto teria começado a discutir com a atriz em um restaurante e, depois, as agressões teriam seguido para o apartamento, onde o empresário teria partido para cima de Luiza e a agredido com um soco no rosto e chutes, chegando a quebrar quatro costelas da ex-modelo.

Meses após a acusação, os advogados de Parisotto receberam mais uma citação formal movida por Luiza.Nela, a modelo pede na Justiça o reconhecimento de união estável de quase cinco anos de relacionamento, a dissolução da mesma e metade dos bens acumulados por ele durante o tempo de namoro. Além disso, Luiza pediu que seja feita uma auditoria em todas as empresas do ex e acesso às declarações de Imposto de Renda no período da união entre os dois.

 

Yasmin Brunet em defesa da mãe


Yasmin Brunet usou as redes sociais em novembro para desabafar sobre o caso. A modelo contou que o empresário está usando mensagens que os dois trocaram no passado para sua defesa no caso. Em vídeo, a modelo critica a postura do ex-padrasto. "Queria que vocês soubessem que, no momento que minha mãe mais precisou de ajuda, essa pessoa se aproveitou da fragilidade dela. Não existe desculpa, não existe razão e não tem justificativa para você bater em uma mulher ou para você bater em qualquer pessoa. É isso".

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia