Cuiabá, 25 de Julho de 2024

VARIEDADES Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018, 10:18 - A | A

05 de Outubro de 2018, 10h:18 - A | A

VARIEDADES / REDES SOCIAIS

Maisa Silva lamenta morte de fã por homofobia: "Só não vê quem não quer"

Atriz e apresentadora fez posts na web ao descobrir que seguidor foi morto ao sair de boate gay

Revista QUEM



(Foto: Reprodução/Instagram)

 

Maisa Silva decidiu usar a sua página do Twitter, na noite de quinta-feria (4), para falar de um assunto muito sério: a homofobia. A atriz e apresentadora de 16 anos descobriu que um de seus seguidores foi morto simplesmente por conta de sua orientação sexual.

 

“Acabei de ver o caso de um menino que morreu após sair de uma boate gay. Ele me seguia no Instagram. Não sei o que dizer, só queria orar pelo respeito e pelo amor no nosso mundo. A homofobia mata. O ódio e o preconceito caminham juntos, só não vê quem não quer”, escreveu ela, em três posts separados.

 

Maisa ainda acabou respondendo um internauta, que escreveu: “Até tu Brutus?”. “Até eu o quê? Demonstrando ser contra preconceito? Que bom, né?”, respondeu ela, que também apoiou um internauta bissexual.

 

"Ja fui xingado por ser bissexual. Isso ajudou a minha depressao aumentar, elas não aceitavam o jeito que eu sou. Foi triste, pensava em me matar sempre", escreveu um seguidor. "Não tem nada de errado com você", respondeu Maisa.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia