Cuiabá, 21 de Outubro de 2020

VARIEDADES
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020, 09h:47

MENOPAUSA PRECOCE

Naiara Azevedo diz que vai congelar óvulos

Cantora, de 30 anos, é casada com Rafael Cabral, e conversou com Quem sobre a vontade de ser mãe, congelamento de óvulos e sobre a carreira nos palcos e fora deles

Revista QUEM

(Foto: Divulgação)

Naiara Azevedo iniciou um tratamento para congelar óvulos após descobrir, em outubro do ano passado, que tinha pré-disposição para menopausa precoce. A cantora, de 30 anos, conta que não pode gerar um filho de forma natural por causa desse problema, que reduz a produção de folículos drasticamente e pode levar até a falência dos ovários. 

"Descobri em outubro do ano passado que tenho pré-disposição à menopausa precoce e que por isso não posso ter um filho de forma natural. Comecei a fazer tratamento de reposição hormonal para isso e estou fazendo também um tratamento para congelar os óvulos e ter um filho no futuro. Quando entrei na quarentena, consegui ter essa disponibilidade de horário na minha agenda para tomar as injeções, fazer ultrassom com frequência. Se o meu corpo estivesse ok, talvez eu tivesse engravidado nesta quarentena. Mas vou esperar um pouco ainda. Quando acontecer, vou ser uma mãezona", conta ela, que oficializou a união com Rafael Cabral em uma cerimônia em 2016. 

 

A vontade de ser mãe, no entanto, deve ser realizada só mais para frente. Naiara agora tem se dedicado a um novo ramo de negócios, o salão de beleza que abriu em Goiânia. 

"Gosto muito dessa área. Tenho formação em estética e cosmetologia e pós-graduação em pós-operatório. Sempre tive vontade de ter algo para mim, mas não tinha tempo... Com a quarentena, consegui testar profissionais e tenho ido de duas a três vezes lá para acompanhar esse inicio. É o começo de uma realização. O céu é o limite", sonha ela, que visualiza até uma rede de beleza. 

Outro desejo de Naiara é voltar aos palcos. A dona do hit 50 reais, contou que muitos colegas estão passando necessidade por causa da paralisação para conter casos de coronavírus. 

 

"Temos que voltar logo. Não faz sentido ficar em casa sendo que as praias, restaurantes e academias estão lotados e sem distanciamento social algum. O que me impede de fazer show em lugares abertos com 30% da capacidade? Graças a Deus aqui em casa não vai faltar alimento, mas muitas pessoas que vivem do entretenimento estão passando necessidade. O valor de muitas lives, a gente direciona para essas pessoas. Temos que voltar." 

 

 

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE