Cuiabá, 22 de Maio de 2024

VARIEDADES Quinta-feira, 31 de Agosto de 2017, 11:36 - A | A

31 de Agosto de 2017, 11h:36 - A | A

VARIEDADES / PARCERIA

Pabllo Vittar grava com Lucas Lucco e é tietada por mãe do cantor

MSN



(Foto: Reprodução)

vittar e lucco .jpg

 

Lucas Lucco é muito ligado à família e não esconde isso em suas redes sociais. O cantor, que já filmou a avó lendo sua série de crossfit, levou a mãe, Karina Lucco, para a gravação de sua nova música com Pabllo Vittar nesta quarta-feira (30). E, ao ver que a cantora estava sendo tietada por sua genitora, não perdeu a chance de brincar em suas redes sociais. "Ô, minha mãe, vou te falar viu, velho? Não pode ver ninguém famoso que já quer postar na rede social", exclamou o artista, que já admitiu ser um filho ciumento.

 

Em seu perfil no Instagram, o sertanejo compartilhou uma série de fotos ao lado da artista, substituída por Silvero Pereira na apresentação ao lado de Sandy no "Criança Esperança" por conta de uma inflamação nos sisos. "Você quer feat?", legendou em um dos cliques, indicando que a parceria musical dos dois deve ser lançada em breve.

 

Após ter sua conta hackeada e o clipe "K.O." apagado, Pabllo conseguiu recuperar o acesso ao canal. "LGBTfobia existe sim!", exclamou no Twitter a cantora. Na sequência, ela confirmou a um fã que já estava novamente no comando da rede social. "Já recuperei babe! Obrigada". Em comunicado enviado ao Purepeople, a artista explicou, por meio de sua assessoria, que planeja recorrer à Justiça. "Em decorrência aos ataques virtuais realizados na madrugada dessa segunda-feira, a assessoria da artista Pabllo Vittar informa que já está tomando providências legais e técnicas para a regularização do seu canal oficial no Youtube. A equipe da cantora e a gravadora Sony Music Entertainment Brasil estão trabalhando junto ao Google para recuperar o acesso à página. Os conteúdos que haviam sido deletados, entre eles o clipe de "K.O.", já foram recuperados. (...) Ressaltamos que invasões virtuais como essa são consideradas crime, assim como a discriminação demonstrada nos atos do(s) hacker(s), que não será tolerada em espaços digitais destinados à arte e liberdade de expressão", indicava o comunicado.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia