Cuiabá, 25 de Julho de 2024

VARIEDADES Terça-feira, 10 de Janeiro de 2023, 09:40 - A | A

10 de Janeiro de 2023, 09h:40 - A | A

VARIEDADES / "QUERO TRANSFORMAR MINHA DOR EM PROPÓSITO"

Príncipe Harry fala sobre autobiografia polêmica

Aos 38 anos de idade, ele relevou o uso de cocaína, polêmicas com seu irmão, Príncipe William, momentos trágicos durante sua passagem pelo exército, entre outros temas inéditos

Revista Quem
Única News



Príncipe Harry abriu o coração em sua autobiografia, O Que Sobra, lançada neste mês. Aos 38 anos de idade, ele relevou o uso de cocaína, polêmicas com seu irmão, Príncipe William, momentos trágicos durante sua passagem pelo exército, entre outros temas inéditos.

Em entrevista para a revista People, em que Harry estrelou a capa da publicação, ele afirmou que deseja transformar a sua dor em propósito. "Embora eu saiba que grande parte da minha vida possa parecer incomparável, acho que a maioria dos irmãos pode se relacionar com as comparações, e meu irmão e eu não somos exceção", afirmou Harry.

 

"Não quero dizer a ninguém o que pensar disso [do livro] e isso inclui minha família. Este livro e suas verdades são, de muitas maneiras, uma continuação de minha própria jornada de saúde mental. É um relato cru da minha vida - o bom, o ruim e tudo mais", explicou o marido de Meghan Markle. "Minha esperança tem sido transformar minha dor em propósito, então, se compartilhar minha experiência faz uma diferença positiva na vida de alguém, bem, não consigo pensar em nada mais gratificante do que isso!".

Harry também falou sobre o luto da perda da mãe, Princesa Diana. "Lutei durante anos para aceitar ou mesmo falar sobre a morte de minha mãe. Não consegui processar que ela se foi. Não tenho certeza se alguém pode realmente ter um 'encerramento' quando perde um dos pais, ou qualquer pessoa, especialmente quando que a dor pode ser a única coisa que resta deles", disse o príncipe.

"O processo de cura me permitiu chegar a um lugar onde agora sinto a presença de minha mãe mais do que nunca. Ela está comigo o tempo todo - meu anjo da guarda", acrescentou ele.

Harry é pai de Archie, de 3 anos, e Lilibet, de quase 2 anos. "Eu já disse antes que queria uma família, não uma instituição. Então, é claro, eu adoraria nada mais do que nossos filhos terem relacionamentos com membros da minha família, e eles têm alguns, o que me traz grande satisfação e alegria", afirmou ele à publicação.

"Tenho uma vida linda e abençoada - uma que vem com uma plataforma e com responsabilidade que Meghan e eu planejamos usar com sabedoria", diz ele. "Sinto que estou exatamente onde devo estar e exatamente onde nós [minha família] devemos estar. Acho que não poderia ter escrito este livro de outra forma."

Ele revelou no livro que matou 25 pessoas durante sua estadia no Afeganistão com o exército do Reino Unido. "É um dever, um trabalho e um serviço prestado ao nosso país – e tendo cumprido duas missões no Afeganistão pelo meu país, fiz tudo o que pude para ser o melhor soldado para o qual fui treinado”, continuou ele.

"Na verdade, não existe uma maneira certa ou errada de tentar navegar por esses sentimentos, mas sei, por minha própria jornada de cura, que o silêncio tem sido o remédio menos eficaz. Expressar e detalhar minha experiência é como escolhi lidar com isso, na esperança de que ajudaria os outros."

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia