Cuiabá, 18 de Julho de 2024

VOLTA AO MUNDO Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2019, 09:54 - A | A

27 de Fevereiro de 2019, 09h:54 - A | A

VOLTA AO MUNDO / CRISE NA FRONTEIRA

Governo quer evitar qualquer atrito diplomático na fronteira para não dar pretexto à Venezuela

Por Gerson Camarotti



Depois do momento de maior tensão no fim de semana com a tentativa de ajuda humanitária, a ordem no governo brasileiro é evitar qualquer tipo de pretexto na fronteira de Roraima com a Venezuela para evitar um atrito diplomático. A avaliação é que a situação está mais tranquila na região entre os dois países.

Segundo integrantes do governo brasileiro, a determinação permanece evitar qualquer tipo de movimento favorável de intervenção militar no país vizinho. Essa foi uma das possibilidades colocadas pelos Estados Unidos, mas rejeitada pelo Grupo de Lima.

Nas palavras de um integrante do Palácio do Planalto, qualquer ação militar na Venezuela causaria muito problema ao Brasil, já que criaria instabilidade na América do Sul, e especialmente na região de fronteira.

Por isso mesmo, a estratégia defendida permanece a da pressão diplomática. E da possibilidade de ganhar o apoio da casta militar – principalmente de generais – que tem dado o suporte para a manutenção do regime Maduro.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia