Cuiabá, 21 de Julho de 2024

BRASIL Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 12:20 - A | A

06 de Maio de 2024, 12h:20 - A | A

BRASIL / CHUVAS NO RS

Governo gaúcho monitora 6 barragens que podem se romper a qualquer momento

Uma das seis barragens em situação de emergência já registrou um rompimento parcial há três dias.

Da Redação
BBC News Brasil



Autoridades do Rio Grande do Sul informaram que ao menos 83 pessoas morreram devido às fortes chuvas que assolam o Estado desde a semana passada.

Até às 9h desta segunda-feira (6/5), a Defesa Civil gaúcha contabilizava ao menos 111 pessoas desaparecidas. Cerca de 121 mil pessoas estão desalojadas.

Segundo a Defesa Civil estadual, 345 dos 497 municípios gaúchos foram afetados pelas fortes chuvas que se estendem desde o início da semana. São 850 mil pessoas afetadas pelas enchentes.

Um balanço divulgado pelo governo do Rio Grande do Sul na tarde de domingo (5/5) informou que há seis barragens de hidrelétricas em situação de emergência, com risco iminente de rompimento. Segundo o governo gaúcho, isso aponta que devem ser tomadas “providências para preservar vidas”.

Entre essas medidas, está a retirada de famílias das áreas que podem ser atingidas caso ocorra um rompimento. Não foi informado o número de famílias que estão nessa situação.

Esse levantamento é feito pelo governo por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Uma das seis barragens em situação de emergência, localizada entre os municípios de Bento Gonçalves e Cotiporã, já registrou um rompimento parcial há três dias.

De acordo com o governo, ainda há outras cinco barragens em estado de alerta. Isso significa que elas apresentam "anomalias que representam risco à segurança" e exige manutenções para que a situação não se agrave.

O grupo responsável por esse balanço informou ainda que há sete barragens em estado de atenção. São estruturas que possuem anomalias, mas que não comprometem a segurança a curto prazo. Elas necessitam de monitoramento, controle ou algum reparo.

CLIQUE AQUI e leia a matéria completa

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia