Cuiabá, 21 de Julho de 2024

CIDADES Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 07:22 - A | A

26 de Janeiro de 2024, 07h:22 - A | A

CIDADES / VEÍCULO SUBMERSO

Funcionário da Amaggi que estava desaparecido é achado morto no Rio Arinos

Aline Almeida
Única News



(Reprodução/Redes Sociais)

IVAN DE PAULA (1).jpg

 

Ivan de Paula, 40 anos, funcionário da Amaggi que estava desaparecido desde segunda-feira (22), foi encontrado morto no final da tarde de quinta-feira (25). O corpo de Ivan, foi localizado no rio Arinos, na MT-240, perto de Nobres (146 km ao médio-norte de Cuiabá). O veículo da vítima estava submerso, com as 4 rodas para cima. 

"A AMAGGI lamenta profundamente a morte de seu colaborador e está prestando todo apoio à família nesse momento de dor. Dedicado e competente, Ivan de Paula atuava como comprador de cereais e trabalhou na empresa durante 18 anos. Ele deixa esposa e uma filha de quatro anos", informou a empresa em nota.

Ivan, que trabalhava na companhia há 18 anos como comprador de cereais, tinha sido visto pela última vez por volta das 14h de segunda-feira, quando saiu da filial com uma caminhonete da companhia, uma Renault Duster Oroch de cor branca, placas RVM 2F83, para visitar clientes produtores da região.

A Amaggi comunicou a Polícia Civil e acionou as autoridades competentes que atuou nas buscas por Ivan, contando ainda com o apoio do Departamento de Segurança Corporativa da empresa, que disponibilizou aeronaves e drones para a realização das buscas. O irmão da vítima encontrou o veículo nas proximidades de uma ponte do Rio Arinos, localizada em zona rural, cerca de 60 km de distância do Boteco Azul. O veículo encontrava-se submerso, capotado. Uma das suspeitas é que o funcionário tenha sofrido um acidente.

 Nota da Amaggi

A AMAGGI confirma, com profundo pesar, a morte do colaborador Ivan de Paula, de 40 anos, que trabalhava na filial de Diamantino. O corpo dele foi encontrado na noite desta quinta-feira (25) dentro de uma caminhonete da empresa que estava submersa no Rio Arinos, no município de Nobres.

Ivan de Paula estava desaparecido desde segunda-feira (22), quando saiu em uma caminhonete da empresa, por volta das 14h.

Assim que soube do desaparecimento, a AMAGGI procurou a Polícia Civil para registar boletim de ocorrência e atuou ativamente nas buscas, por meio da área de Segurança Corporativa, com as autoridades competentes. A empresa disponibilizou uma aeronave e drones para ajudar nos trabalhos.

A AMAGGI lamenta profundamente a morte de seu colaborador e está prestando todo apoio à família nesse momento de dor. Dedicado e competente, Ivan de Paula atuava como comprador de cereais e trabalhou na empresa durante 18 anos. Ele deixa esposa e uma filha de quatro anos.

A Companhia agradece o empenho de todos os envolvidos nas buscas, informa que acompanha de perto o trabalho da Polícia Civil e que está à inteira disposição das autoridades para colaborar com as investigações.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia