Cuiabá, 19 de Junho de 2024

COVID EM MT Sábado, 01 de Maio de 2021, 16:36 - A | A

01 de Maio de 2021, 16h:36 - A | A

COVID EM MT / NOVAS ACUSAÇÕES

"Meu irmão não morreu de covid e sim por negligência", denuncia ator André D"Lucca

Edy Santiago
Única News



Depois de afirmar que seu irmão Benedito Wilson, poderia ter sobrevivido à covid, caso a sua irmã enfermeira tivesse ajudado a atendê-lo, o ator André D'Lucca fez novas criticas ao Hospital Santa Casa de Cuiabá. Dessa vez ele denuncia que seu irmão "não morreu de covid e sim por imperícia e negligência".

André criticou o fato dele ter sido intubado sem que a família fosse informada e afirmou que seu irmão foi "morto" por "dezenas de erro e, um deles foi intubar um paciente com 25% do pulmão comprometido". Afirma que Wilson sofria com crise de ansiedade e pedia para ser intubado. "Não era caso de intubação e a família jamais autorizaria", afirmou o artista.

"Fiquei sabendo [da intubação] através de uma das minhas cinco fontes de dentro do hospital que chegou pra trabalhar e viu meu irmão entubado, relata.

O ator conta que o procedimento foi feito por "uma médica muito jovem" e que no momento da punção, "perfuraram o pulmão dele, causando pneumotórax, diminuindo as chances dele lutar pela vida. Ele ficou irreconhecível. O ar do pulmão invadiu cavidades deixando ele muito inchado, até o pescoço e rosto. Eu vi a cena".

Reprodução

Benedito Wilson irmão do André D'Lucca

 

Ainda pontuou que a intubação é o último recurso e que "os antibióticos estavam fazendo efeito e a saturação estava melhorando. Ele só estava tendo crise de ansiedade", defendeu. Por esse motivo, ele acusa que seu irmão não morreu com a doença, mas por "negligência e imperícia".

André lamentou a morte do seu irmão e disse que fez de tudo para evitar, inclusive, denunciando a falta de medicamentos na unidade hospitalar. "Quando meu irmão foi internado, faltava sedativo e eu fiz a denúncia. Fui desmentido publicamente em nota oficial da SES. Em reunião com o Secretário eu descubro que a mediação realmente havia acabado na UTI terceirizada, mas quando o governo tomou conhecimento, mandou do próprio estoque, mas a medicação realmente acabou. Eu não menti", disse o artista.

OUTRO LADO

O Única News entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde, para saber um posicionamento ou do órgão, ou da diretoria da Santa Casa e, foi informada de que foi instaurado uma sindicância para apurar a situação narrada pelo ator e irá investigar os fatos denunciados.

Confira a nota da SES:

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da diretoria do Hospital Estadual Santa Casa, informa que foi instaurada uma sindicância para apurar a situação narrada pelo ator André D’Lucca. O procedimento de sindicância irá apurar os fatos ocorridos no período em que o paciente esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia