Cuiabá, 18 de Junho de 2024

PARANÁ Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 07:38 - A | A

15 de Abril de 2024, 07h:38 - A | A

PARANÁ / INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Municípios do Paraná aderem ao Programa Cidade Inteligente

Assinatura do convênio no lançamento do Programa Cidades Inteligentes foi feita durante o Smart City Expo Curitiba

Da Redação
Bem Paraná



Mesmo com pouco tempo de lançamento, o Programa Cidade Inteligente teve uma adesão acima das expectativas por parte dos municípios paranaenses. A iniciativa é realizada em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e  foi apresentada durante o Smart City Expo Curitiba. A chamada pública do Programa contou com a participação de 13 municípios: Apucarana, Dois Vizinhos, Doutor Camargo, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Goioerê, Guarapuava, Londrina, Marechal Cândido Rondon, Maringá, Paranavaí, Ponta Grossa e São Miguel do Iguaçu.

Após a adesão, deve ser iniciada a etapa de contratação por parte dos gestores municipais. Segundo Rubens Palma, coordenador de Políticas Públicas do Sebrae/PR, a participação superou a estimativa inicial.

“A proposta do Sebrae é de estimular o desenvolvimento de políticas públicas por meio do Programa. Muitas instituições estão fazendo curso, capacitação, para entender o que é esse conceito. E nós trabalhamos direto na sua implementação. Esperamos que todos esses municípios interessados possam finalizar essa fase em tempo hábil para que iniciemos o projeto ainda neste ano”, afirma.

À serviço da população

O Programa será aplicado pelo Sebrae/PR e PTI, de forma subsidiada, para atualizar os municípios a respeito dos conceitos e tecnologias que melhoram a vida de seus habitantes. Trata-se de uma forma de potencializar os espaços urbanos e os serviços públicos com inovação e tecnologia, oferecendo assim um atendimento de maior qualidade à população. A metodologia conta com seis etapas de implementação: diagnóstico de maturidade; sensibilização e capacitação; planejamento; governança; implementação; e monitoramento e controle.

Jonhey Nazario Lucizani, gerente do Núcleo de Inovação Tecnológica do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), destaca a importância da parceria entre a instituição e o Sebrae/PR para promover a articulação e governança do Programa Cidade Inteligente.

“O Sebrae/PR é bem-sucedido na execução de vários programas voltados para atualização, gestão e desenvolvimento de pequenos negócios. Como nós, do PTI, trabalhamos de forma atuante na parte de desenvolvimento de tecnologias, diagnósticos e relatórios, o Sebrae/PR complementa com todo esse processo de interação junto aos municípios, definição dos planos de ações, seleção dos governantes municipais, para que possamos juntos estruturar o Programa Cidade Inteligente”, diz.

Segundo Rubens Palma, o Programa envolve ainda a formação de comitês com servidores e empresários dos municípios participantes para conhecer locais onde os projetos são aplicados.

“Temos desde viagens de benchmarking para levar empreendedores para conhecer locais, cidades que adotam essa prática, além de uma preparação para formar um comitê que vai cuidar da pauta específica de cada um desses municípios integrantes do projeto”, esclarece.

Melhoria dos indicadores

Gestores municipais da cidade de Ponta Grossa vislumbraram uma boa oportunidade e aderiram ao Programa Cidade Inteligente. Para Tônia Mansani, presidente da Agência de Inovação de Desenvolvimento de Ponta Grossa e coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação da prefeitura do município, a iniciativia vai ao encontro dos temas trabalhados na cidade.

CLIQUE AQUI e leia a matéria completa

Comente esta notícia