Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 15 de Junho de 2017, 14:41 - A | A

15 de Junho de 2017, 14h:41 - A | A

POLÍCIA / CIDADE DE MT

Casal será indiciado por manter autoescola funcionando mesmo depois de ter sido cassada

Autorização foi suspensa pelo Detran em fevereiro do ano passado

Da Redação



 

 

(Foto: Divulgação)

 

Os proprietários de uma autoescola da cidade de Santo Antônio de Leverger (34 km de Cuiabá), serão indiciados pela Polícia Civil, por continuar mantendo os serviços ativos mesmo depois de ter o registro de funcionamento cassado, em fevereiro de 2016. A autorização foi suspensa pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

 

De acordo com a Polícia Civil, o casal dono da escola de condutores deve responder por exercício da atividade com infração administrativa. Os dois não foram localizados durante as buscas realizadas na quarta-feira (14).

 

Por estar com as atividades suspensas, a autoescola tinha a colaboração de outra unidade ativa, do município de Barão de Melgaço, para inserção de dados no Sistema Detrannet.

 

Durante as buscas no estabelecimento, os policiais apreenderam mais de 30 processos de alunos, para retirar habilitação junto ao Detran, com suspeita de inserção de dados falsos no Detrannet. Há suspeita é que alunos, moradores do município, tinham os endereços informados como sendo residentes na cidade de Barão de Melgaço.

 

A  secretária e um instrutor  da autoescola foram conduzidos à Delegacia e confirmaram que o centro de formação de condutores vinha atuando como se ainda estivesse credenciado junto ao Detran.Segundo eles, os alunos não sabiam que as atividades da autoescola estavam cassadas.

 

Os processos serão analisados e encaminhados a 38ª Ciretran do município de Santo Antônio do Leverger. As investigações continuam. (Com PJC)

 

 

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3