Cuiabá, 26 de Fevereiro de 2021

POLÍCIA
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021, 08h:45

BARRACO EM CUIABÁ

Diretor de hospital e servidor público tentam dar calote em prostituta e ameaçam policiais

Vithória Sampaio
Única News

(Foto: Reprodução)

O fisioterapeuta diretor de um hospital e seu amigo, um servidor público (ambos tiveram seus nomes preservados pela PM) foram parar na delegacia após um desentendimento com uma garota de programa em uma conveniência, na madrugada desta terça-feira (26), em Cuiabá. Já na delegacia, o suspeito ainda tentou dar “carteirada” para se livrar.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pela profissional do sexo.

Ela relatou que a discussão se deu no início após a dupla de amigos descumprirem o que tinham combinado. O programa dela era de R$ 1.000, e os “serviços” já teriam sido prestados dentro do veículo. Porém, na hora de pagar, ela começou a ser xingada de "desgraçada e sua puta".

Ao chegar no local, os policiais constataram o fato. O fisioterapeuta estava descontrolado, ofendendo a mulher. Ele precisou ser algemado e ao chegar na delegacia ele começou a ameaçar os PMs, dizendo que conhecia um 'coronel' e que iriam ver 'onde iriam parar'.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE