Cuiabá, 21 de Julho de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2018, 14:50 - A | A

03 de Dezembro de 2018, 14h:50 - A | A

POLÍCIA / SUPOSTAMENTE EMBRIAGADO

Policial filma abordagem de PMs a tio como forma de intimidação

Claryssa Amorim



(Foto: Reprodução)

POLICIAL CIVIL DAYANR.jpg

 

A conduta de uma policial civil será apurada pela Corregedoria Geral da Polícia Judiciária Civil (PJC), após um vídeo circular pelas redes sociais, em que aparece intimidando policiais militares que abordaram um motorista, de 41 anos, por sinais de embriaguez, na noite de sexta-feira (30), em Reserva do Cabaçal (a 412 km de Cuiabá).

 

De acordo com a Polícia Civil, a Corregedoria da PJC tomou conhecimento do caso após a divulgação na imprensa e vai analisar os fatos com "rigor" e "responsabilidade".

 

A policial foi identificada apenas como Daiane e teria se manifestado durante a abordagem a favor de seu tio, Gilmar Firmino dos Santos, que dirigia um veículo Fiat Strada, embriagado. 

 

A policial diz no vídeo que os policiais fazem a abordagem de forma incorreta e que estariam em abuso de poder. 

 

Um dos militares que faziam a abordagem, começou então a gravar e mostrar o procedimento de abordagem. Os policiais questionam o motorista se submeteria ao exame de bafômetro. Antes de responder, Daiane o aconselha dizer que iria no dia seguinte à delegacia fazer.

 

Os policiais não aceitam e dizem que deve ser feito no momento da abordagem e caso ele não fizesse, seria levado a delegacia. 

 

Gilmar foi conduzido à Delegacia de Araputanga (a 371 km de Cuiabá), onde foi autuado em flagrante por “conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada -álcool ou de outra substância psicoativa”. Após recolhimento de fiança, ele foi liberado.

 

O caso

 

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência em uma lanchonete de que um homem estava armado em uma lanchonete do município de Reserva do Cabaçal, por volta das 22h. 

 

Ao chegarem no local, os militares encontraram um Fiat Strada parado com as luzes acesas na rua. O veículo era de Gilmar, o mesmo informado na denúncia.

 

Segundo informações preliminares, o motorista também é policial civil. Em seguida, ele foi encaminhado para a delegacia.

 

Leia a nota da PJC

 

A Corregedoria Geral da Polícia Judiciária Civil vai apurar a conduta de uma policial da Instituição envolvida em desentendimento com uma equipe da Polícia Militar de Reserva do Cabaçal, na noite de sexta-feira (30).

 

A Corregedoria da PJC tomou conhecimento do caso após divulgação na imprensa e vai analisar os fatos com rigor técnico e responsabilidade.

 

O caso ocorreu durante abordagem efetuada pela Polícia Militar a um homem de 41 anos, suspeito de embriaguez ao volante.

 

O condutor do veículo Fiat Strada foi conduzido à Delegacia de Araputanga, onde foi autuado em flagrante por “conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada -álcool ou de outra substância psicoativa”. Após recolhimento de fiança, ele foi colocado em liberdade.

 

Veja o vídeo:

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3