Cuiabá, 15 de Junho de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 17 de Maio de 2024, 13:50 - A | A

17 de Maio de 2024, 13h:50 - A | A

POLÍCIA / “FIM DE JOGO”

Procurado por calote em pensão alimentícia, homem é identificado por câmeras na Arena Pantanal e preso

Prisão aconteceu durante partida do Cuiabá pela Copa Sul-americana. Equipamento atua integrado ao sistema do Ciosp e câmeras do Vigia Mais MT.

Da Redação
Única News



A Polícia Militar prendeu na última quarta-feira (15) um homem com mandado de prisão em aberto por não-pagamento de pensão alimentícia, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Ele foi preso durante a partida entre a equipe do Cuiabá e o Deportivo Garcilaso, do Peru, pela Copa Sul-Americana. Ele foi identificado por meio das câmeras de reconhecimento facial, instaladas nas entradas do estádio e que atuam em conjunto com as câmeras do programa Vigia Mais MT.

Segundo informações, policiais do 10º Batalhão receberam alertas do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp-MT), sobre a presença de um homem com mandado de prisão em aberto, que estava na Arena Pantanal para assistir ao jogo.

Os militares então foram até o suspeito e confirmaram o mandado de prisão, expedido pela 3ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Cuiabá, pelo não-pagamento de pensão alimentícia. Após a confirmação, o suspeito recebeu voz de prisão.

O tenente-coronel Bruno Marcel Souza Tocantins, comandante do 10º Batalhão de PM, explicou que o sistema de reconhecimento facial foi adquirido pelo Cuiabá Esporte Clube, sendo obrigatório para a entrada dos torcedores na Arena Pantanal, e atua em conjunto com o Ciosp, da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), emitindo alertas de presença de possíveis infratores da lei.

“O sistema funciona em conjunto com as câmeras do Vigia Mais MT, que cobrem o entorno do estádio. Nesse caso, o sistema de checagem integrado ao Ciosp identificou que esse indivíduo estava com mandado de prisão e assim ele foi abordado pela nossa equipe da PM, constatando o fato”, destacou.

“É um sistema muito importante, porque alia a atividade policial à tecnologia, garantindo mais segurança a todos”, concluiu o comandante.

Após ser detido, o suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes para registro da ocorrência e posteriormente levado à Gerencia de Capturas (Polinter) da Polícia Civil para as devidas providências.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3