Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 14 de Setembro de 2017, 07:51 - A | A

14 de Setembro de 2017, 07h:51 - A | A

POLÍTICA / OPERAÇÃO MALEBOLGE

Apartamento de Blairo Maggi é alvo de operação da PF

Daffiny Delgado / Única News



casa blairo pf

 

O apartamento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em Brasília, também é alvo da operação da Polícia Federal (PF) deflagrada na manhã desta quinta-feira (14).

 

Os agentes federais estão cumprindo mandado de busca e apreensão na residência de Blairo que fica em um condomínio na Asa Sul, zona nobre da cidade.

 

As ordens judiciais foram expedidas pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).

 

A Operação Malebolge (12ª fase da Ararath) foi deflagrada após a delação do ex-governado de Mato Grosso Silval Barbosa (PMDB). Onde ele delatou todo o esquema de corrupção. Em depoimento de seu acordo de delação premiada, Silval acusou Blairo Maggi de participar de um esquema de corrupção no estado.

 

A colaboração premiada de Silval Barbosa foi homologada, em agosto, pelo ministro Luiz Fux. 

Blairo Maggi é investigado na Operação Lava Jato por suposto recebimento de R$ 12 milhões em sua campanha à reeleição, em 2006, com base em relatos de delatores da construtora Odebrecht. O governo Temer tem dez ministros investigados no Supremo.

 

 Residência do ex-deputado Português também está sendo revistada pela PF

 

A residência do ex-deputado estadual Airton Português, também está sendo alvo da operação da Polícia Federal (PF), na manhã desta quinta-feira (14), na cidade de Araputanga.

 

O ex-deputado e sua irmã Vanice apareceram no vídeo onde aparecem pegando dinheiro de propina no Palácio Paiaguás.

 

Operação

Ao todo, estão sendo cumpridos mandados em 64 endereços, em dois estados e na capital federal. No Mato Grosso, há diligências em nove municípios: Cuiabá, Rondonópolis, Primavera do Leste, Araputanga, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Juara, Sorriso e Sinop.

 

Segundo a assessoria da PF, há 270 policiais federais e procuradores da República envolvidos na operação desta quinta.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia