Cuiabá, 21 de Junho de 2024

POLÍTICA Sábado, 11 de Novembro de 2023, 15:47 - A | A

11 de Novembro de 2023, 15h:47 - A | A

POLÍTICA / GREVES EM CUIABÁ

Chico 2000 confirma atrasos em repasses e cobra Emanuel

Semana foi marcada por duas greves que causaram sérios impactos na capital de MT, ambas causadas pela falta de repasses e atraso de salários

Ari Miranda
Única News



O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Chico 2000 (PL), confirmou que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não tem honrado com seus compromissos e tem atrasado o pagamento das empresas terceirizadas contratadas pela Prefeitura da capital.

Segundo parlamentar, as empresas chegaram a ficar quatro meses sem receber os repasses da administração municipal. “Estava atrasado o mês de julho, agosto, setembro e outubro, que acabou de vencer. Agosto foi pago na sexta (3) e terminou na segunda (6)”, explicou.

Apesar de não citar nomes das empresas com repasses atrasados, a semana foi marcada por duas paralisações que causaram prejuízos à população.

A primeira delas, na segunda-feira, fez com que os motoristas cruzassem os braços e parassem parte dos ônibus do transporte público da capital, gerando sérios transtornos para quem depende do serviço. A Caribus Transportes e Serviços, uma das empresas que atende à demanda do setor, culpou a Prefeitura de Cuiabá, alegando que o salário dos funcionários estavam atrasados devido à falta de repasses.

Já na quinta-feira (9), uma nova greve. Desta vez, os garis de Cuiabá e da vizinha, Várzea Grande, também paralisaram suas atividades e interromperam a coleta de lixo nas duas cidades, também por atraso no salário e por melhores condições de trabalho.

Conforme Chico 2000, os vereadores da Casa Parlamentar estão acompanhando de perto a situação da falta de repasses da Prefeitura, afirmando que os trabalhadores prejudicados pela falta de pagamento são de diversos setores.

“São servidores lotados na Secretaria da Mulher, na Assistencia Social, outros na própria gestão. Nós estamos vigilantes, cobrando. Já cobrei o prefeito e o secretário de governo, que nos passou essa orientação”, disse.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia