Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 26 de Junho de 2017, 16:50 - A | A

26 de Junho de 2017, 16h:50 - A | A

POLÍTICA / WATERGATE TUPINIQUIM

Conselho dos coronéis adia passagem de comando da PM e revela racha interno

Por Suelen Alencar/ Única News



(Foto: Gcom)

Cuiabá, 18 de Janeiro de 2016 - Gov. Pedro Taques participa de solenidade de passagem de comando PMMT-8128.jpg

 

A troca de comando da PM já demostra um incômodo dentro da corporação e o evento da solenidade marcada para próxima quarta-feira (28) foi alterada para quinta-feira (29), devido a uma reunião do Conselho de Coronéis da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso.

 

Conforme divulgado pelo site do governo, o Conselho decidiu reunir nesta segunda-feira (26), desde o início da manhã e com isso foi deliberado  que a passagem de comando  fosse transferida para quinta- feira (29), às 19 h, no pátio do quartel do Comando Geral. 

 

Ao site Única News, a assessoria da PM informou que não tem conhecimento de nenhum tipo de manifestação contraria a retirada do coronel Jorge Luiz Magalhães. O ex-comandante da PM foi retirado pelo governo logo que vazou as informações das prisões de cinco membros da polícia militar, que estaria envolvido em um suposto esquema de escutas ilegais denunciado ao Ministério Público.  Foram presos , na última sexta-feira (23), a Justiça determinou as prisões preventivas do secretário-chefe da Casa Militar, Evandro Alexandre Ferraz Lesco e seu adjunto, o tenente coronel Ronelson Jorge Barros. Também foram decretadas as prisões do tenente-coronel Januário Batista e um sargento identificado como Euclides Luiz Torezan. Todos são suspeitos de atuarem no esquema de grampos ilegais operados por policiais militares em Mato Grosso. 

 

Na nota pubicada no site ás 12:13 desta segunda-feira (26) diz que a data teria sido divulgada "sem consulta prévia da PMMT". Posteriormente, a nota foi alterada e já não apresentava as informações sobre a falta de aviso a corporação. (Veja a imagem das duas notas no final da matéria). A assessoria da PM também informou que o Conselho de Coronéis da Polícia Militar não vai dar entrevistas sobre o caso. 

 

A troca do comando foi anunciada pelo governador Pedro Taques (PSDB) e o secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, por meio do site do governo. O coronel Marcos Vieira da Cunha foi o escolhido para assumir oficialmente o comando da Polícia Militar em substituição ao coronel Jorge Luiz de Magalhães.

 

 Leia mais

Suposto vazamento de informações faz Taques mudar comando da PM

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Álbum de fotos

Comente esta notícia