Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 19 de Junho de 2017, 13:50 - A | A

19 de Junho de 2017, 13h:50 - A | A

POLÍTICA / NEGOCIANDO O REAJUSTE

Equipe econômica de Taques apresenta proposta nesta terça para Fórum Sindical

Da Redação



(Foto: Arquivo/Web)

RGA.jpg

 

Nesta terça-feira (20), a equipe econômica do governador Pedro Taques (PSDB) apresenta formalmente aos representantes do Fórum Sindical, a nova proposta de reajuste para os servidores do Estado.

 

As negociações avançaram e o Executivo propôs trazer o pagamento da primeira parcela da RGA de 2017 para este ano fiscal. Na mesa de negociação, o Executivo vai propor - por meio de sua equipe técnica -, que a primeira parcela da RGA de 2017 seja lançada na folha salarial de novembro, a ser paga no dia 10 de dezembro. Na proposta anterior, o percentual seria incluído na folha de janeiro de 2018.

 

Já a segunda parcela, prevista para ser paga no mês de abril de 2018, poderá ser antecipada para março caso a arrecadação no segundo semestre de 2017 tenha um aumento efetivo de 10% em relação ao que está projetado para o período.

 

O pagamento da terceira parcela, prevista para ser paga em setembro de 2018, também poderá ser antecipada, mas com a mesma condicionante de aumento da receita própria.Nesse caso, a parcela poderá ser adiantada para o mês de maio.

 

De acordo com  o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo de Oliveira, quando o governo fala em antecipação leva em conta, o sucesso do Estado em avançar no esforço fiscal da receita própria. 'Mas precisamos, para sermos honestos, ficar muito atentos ao comportamento da economia no Estado e no país'.

 

Os percentuais das três parcelas foram ajustados, sendo duas para 2,19% e a terceira para 2,20% atendendo à solicitação do Fórum Sindical. O objetivo é zerar a cumulatividade dos cálculos dos juros sobre juros. Na proposta inicial do governo seriam pagas duas parcelas de 2,15% cada, e uma de 2,14%.

 

No encontro da última quarta-feira (14) também ficou definido que a RGA de 2018 e retroativos das perdas inflacionárias serão discutidas na reunião desta terça.

 

A quinta parcela da RGA de 2016 a ser paga no mês de junho também foi ajustada de 1,74% para 1,96%. Após a reunião - na condicionante de que se entre em um acordo -, os líderes do movimento devem convocar uma Assembleia Geral cpm o funionalismo público.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia