Cuiabá, 15 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 08 de Maio de 2024, 07:20 - A | A

08 de Maio de 2024, 07h:20 - A | A

POLÍTICA / ENCHENTES NO SUL

Botelho convoca “barões do agro” a doar para o RS: "É quem detém o poder econômico do Estado"

Presidente da Assembleia Legislativa de MT fez um chamamento dos integrantes do setor no estado, em sua maioria vindos do sul do país

Ari Miranda
Única News



Em conversa com jornalistas nessa terça-feira (7), o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (UB), lançou uma convocação aos grandes empresários do agronegócio mato-grossense, para somarem forças e enviarem doações ao estado do Rio Grande do Sul.

Desde a semana passada, os gaúchos vêm sendo castigados pelas fortes chuvas e inundações em 401 dos 497 municípios. Além de ajudar o povo do Rio Grande, segundo Botelho, a iniciativa tem como finalidade unir os integrantes do setor, em sua maioria vindos dos estados do sul do país.

“Estava conversando agora com o deputado Júlio Campos, ele fez uma convocação aos setores do agro, principalmente aos grandes grupos, a eles fazerem doações também. Porque, por enquanto, o que anunciou [que vai doar] foi o Estado e, de certa forma [eles] são todos contribuintes”, disse.

Além disso, Botelho fez um chamamento à toda população de Mato Grosso para unirem forças e enviarem donativos para ajudar as famílias gaúchas vítimas das enchentes, em especial, os conterrâneos que vieram para Mato Grosso em busca de novas oportunidades e aqui prosperaram.

"Eu acho que é importante, todos que podem doar. Quem puder doar R$100, R$200, R$400, tudo é importante. E o agronegócio hoje ele é quem detém o poder econômico do Estado, são eles os grandes. (...) Eles devem também fazer as suas contribuições”, pontuou.

(Foto: Amanda Perobelli/Reuters)

CHUVA NO RIO GRANDE DO SUL.jpg

 

BOLETIM ATUALIZADO

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou para 95 o número de mortos em razão dos temporais que atingem o estado.

O boletim divulgado na tarde desta terça-feira (7) ainda aponta que há outros 4 óbitos sendo investigados. O estado registra 131 desaparecidos e 372 feridos.

Há 207,8 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 48,8 mil em abrigos e 159 mil desalojados (pessoas que estão nas casas de familiares ou amigos).

O RS tem 401 dos seus 497 municípios com algum relato de problema relacionado ao temporal, com 1,4 milhão pessoas afetadas.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia