Cuiabá, 19 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017, 09:17 - A | A

26 de Dezembro de 2017, 09h:17 - A | A

POLÍTICA / FATALIDADE

Juiz sofre ferimentos leves, mas esposa tem braço amputado em acidente na BR-364

Da Redação



(Foto: Reprodução/Web)

juiz Gilperes Fernandes - Quarta Vara de Família e Sucessões de Cuiabá..jpg

 

 

Acidente no Km 120, da BR-364, próximo ao município de Pedra Preta, na tarde desta última segunda-feira (25), vitimou o juiz Gilperes Fernandes  e sua esposa, Sandra, que acabou tendo que amputar um dos braços.

 

Gilperes que sofreu ferimentos leves é da Quarta Vara de Família e Sucessões de Cuiabá e estaria voltando de uma viagem ao interior do Estado para a Capital. 

 

Conforme informações, o casal foi socorrido por populares que passavam pelo local no momento do  acidente. 

 

Sandra que teve o braço atingido pelo galho de uma árvore, após a caminhonete em que o casal estava, sair da pista e entrar no matagal, foi transferida para a Capital.

 

Ela permanece internada na UTI do Hospital Jardim Cuiabá. Um boletim médico deve revelar novo diagnóstico sobre o estado de saúde da esposa do juiz ainda na tarde desta  terça-feira (26).

 

A Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam) lamenta profundamente o acidente ocorrido no início da tarde do último dia 24 de dezembro (domingo) com o juiz da 4ª Vara Especializada de Família e Sucessões da Comarca de Cuiabá, Gilperes Fernandes da Silva e sua esposa. 

 

Leia a nota da Amam

 

A Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam) lamenta profundamente o acidente ocorrido no início da tarde do último dia 24 de dezembro (domingo) com o juiz da 4ª Vara Especializada de Família e Sucessões da Comarca de Cuiabá, Gilperes Fernandes da Silva e sua esposa. 

 

O acidente aconteceu por volta das 12h30, do dia 24 de dezembro, quando a família retornava para Cuiabá de Rio Branco (município localizado a 336 km da Capital), pela rodovia que liga a cidade de Cáceres a Cuiabá.  

 

Nesta rodovia, a 90 km da Capital, a camionete que o juiz conduzia – uma S10 – derrapou na pista e o veículo foi parar no matagal.  O carro não capotou e o juiz nada sofreu. Contudo, sua esposa teve o braço gravemente ferido por um galho de árvore que atingiu a porta do passageiro. 

 

Ela passou por cirurgia e, neste momento, encontra-se internada na UTI de um hospital em Cuiabá, em coma induzido. E seu estado de saúde é estável.

 

Na ocasião do acidente, o juiz e sua esposa foram socorridos por transeuntes que passaram pelo local. Um policial militar aposentado, que vinha do Acre, prestou os primeiros- socorros e os trouxe até o hospital em Cuiabá. 

 

Neste momento de dor e tristeza, o juiz Gilperes Fernandes da Silva agradece a preocupação, compreensão e as orações de todas as pessoas. A Amam esclarece ainda que as fotos de uma S10 que está circulando nos grupos de rede social não é o veículo sinistrado do magistrado. 

 

Diretoria da Associação Mato-grossense de Magistrados

 

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia