Cuiabá, 23 de Maio de 2024

VOLTA AO MUNDO Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017, 11:15 - A | A

23 de Agosto de 2017, 11h:15 - A | A

VOLTA AO MUNDO / ECONOMIA

Em evento no Planalto, BNDES lança crédito de R$ 20 bilhões para micro e pequena empresas

Cerimônia teve a participação do presidente Michel Temer. Programa BNDES Giro prevê disponibilizar os novos financiamentos até agosto de 2018

Por Guilherme Mazui, G1



© DR

BNDES.jpg

 

Em cerimônia nesta quarta-feira (23) com a presença do presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, o governo federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançaram um programa para facilitar acesso ao crédito de micro, pequenas e médias empresas.

 

Com o BNDES Giro, o governo projeta disponibilizar cerca de R$ 20 bilhões em novos financiamentos até agosto de 2018 para as empresas que se enquadrem no perfil do programa.

 

“São mais R$ 20 bilhões que vão ser canalizados para essa retomada. Parece pouco, mas é chuva depois de muita seca. Precisamos irrigar essa terra seca e dura do capital de giro da empresa brasileira”, disse o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro.

 

Além de Temer, participaram da cerimônia de lançamento do programa os ministros Henrique Meirelles (Fazenda), Dyogo Oliveira (Planejamento) e Eliseu Padilha (Casa Civil) e presidentes de bancos públicos.

 

Conforme o BNDES, o novo programa vai agilizar, via internet, a análise de pedidos dos empresários e a concessão de financiamento de capital de giro para micro, pequenas e médias empresas. Essa liberação de recursos deve ficar mais rápida em razão da integração de plataformas de tecnologia de agentes financeiros com o BNDES.

 

Durante a cerimônia, o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, afirmou que a meta é ampliar a participação das pequenas empresas na carteira do banco ao longo do governo Michel Temer.

 

“O banco já atingiu para as micro, pequenas e médias empresas 40% do quantitativo total”, disse. “Quem sabe ainda possa ser anunciado na sua gestão, daqui a 12 meses, que nós tenhamos nos aproximado de 60% da carteira dedicada as micro, pequenas e médias empresas”, completou Rabello ao se dirigir a Temer

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia