Cuiabá, 19 de Outubro de 2019

ARTIGOS/UNICANEWS
Segunda-feira, 07 de Outubro de 2019, 08h:55

GABRIELA CARVALHO

Qual o efeito da blindagem?

Única News

Divulgação

No mundo corporativo é comum nos depararmos com interlocutores e assessores que blindam seus assessorados, desta forma acham que irão manter o controle das ações, mas, na verdade, isso demostra total despreparo e insegurança em relação ao desenvolvimento de suas ações. Quando acontece a blindagem o assessor deixa de realizar o real papel a se cumprir, que é o de o assessorado ter a oportunidade de esclarecer equívocos e ter sua fala garantida em relação as tomadas de decisão. Contudo, com a blindagem feita por pura insegurança em permitir que os demais colaboradores cheguem até seu assessorado, faz com que o trabalho seja limitado e inconsistente, pois quem precisa repassar as informações sobre determinado tema é o profissional que tem propriedade sobre o assunto, assim o trabalho será bem realizado e seu assessorado terá segurança na prática de suas ações.

Democracia, transparência e empatia são palavras chaves na condução de qualquer processo de construção das ações a se trabalhar. Mas isso não significa que o acesso ao líder seja realizado de forma desordenada, o equilíbrio é importante em todas as situações e a questão do acesso ao assessorado não é diferente, precisa sim, haver uma peneira, saber quais informações e de que forma chegaram para que possa agregar nas tomadas de decisões. Assim, é importante o interlocutor conhecer e avaliar as questões a serem desenvolvidas para que não venha influenciar o resultado do trabalho de forma negativa, mas para isso é necessário que o ego e a vaidade saiam de cena e fazer prevalecer o profissionalismo. Desta forma o assessor terá controle das ações e poderá orientar o seu assessorado de forma clara e sem estabelecer limites que possam satisfazer apenas sua vontade.

Outra questão importante em um ambiente institucional é o empenho daquele que desenvolve o trabalho de forma espontânea, sem interesses envolvidos, quando se consegue unir o profissional e conhecer a necessidade, com intuito de atender o propósito macro, o resultado é certeiro. Outras questões importantes dentro dos relacionamentos nas instituições são os atendimentos. A transparência no dialogo é essencial para o bom resultado. Quando estabelecemos um relacionamento pautado na verdade, mesmo que ela tenha limitações, você não irá gerar uma expectativa falsa ao interlocutor, aquilo que no momento parece que irá gerar uma crise, na verdade você está direcionando sua empresa para o crescimento e credibilidade no mercado. Isso porque uma falsa informação irá gerar uma falsa expectativa, que provoca um dos piores sentimentos em relação ao outro: a frustração. Aí sim poderá se estabelecer uma crise, colocar sua competência em cheque e instituir um relacionamento sem credibilidade junto aos parceiros.

Blindagem a qual me refiro, são os comportamentos limitantes do assessor em relação ao seu assessorado. Pois, no meu ponto de vista, a questão da blindagem está ultrapassada, hoje vivemos em um mundo que precisamos refletir antes de tratar qualquer assunto, saber o que falar e quando falar. Preparar nosso assessorado é uma competência importante, temos que realizar de todas as formas, para que possam se sair bem em todas as situações.

Concordo que nem todas as informações precisam chegar até seu líder, é necessário que haja uma avaliação anterior, por isso o controle das ações são de suma importância dentro do contexto das deliberações - para alcançar o melhor resultado.

Agora, vamos lá, existem também aqueles assessorados que acham importantes serem blindados. Esses, com certeza, têm tempo de validade, pois não conseguiram avançar e a ilusão de que, dessa forma, poderão desenvolver o seu trabalho livremente e que serão vistos com mais importância no cargo em que ocupam, é um engano. Um líder precisa dialogar, conhecer os pontos fortes e fracos da sua instituição, estar em contato com os colaboradores, mesmo que seja para ouvir as reclamações. Também faz parte do papel do líder desmistificar alguns limitadores que possam dificultar o desenvolvimento das tarefas do cotidiano das suas empresas.

Então, líder, fique atento à sua real importância dentro do contexto administrativo e da gestão da comunicação da sua empresa, porque, caso não consiga firmar uma integração institucional, em pouco tempo, pode estar fora do mercado.

 

*Gabriela Carvalho, graduada em Administração com expertise em Comunicação Social e Relações Institucionais - Email: gabrielacarva@gmail.com


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE