Cuiabá, 21 de Janeiro de 2019

POLÍCIA
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2019, 15h:15

NA CAPITAL

Motorista de aplicativo é preso após simular assalto e ajudar bandidos na fuga

Claryssa Amorim
Da Redação

(Foto: TVCA/ Reprodução)

Um motorista de aplicativo, Glênio César Miranda, de 36 anos, foi preso nessa quarta-feira (10), após simular um assalto na Churrascaria Gaúcha, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, e em seguida, denunciar para a Polícia Militar.

Ao registrar o boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva), por volta das 17h, o motorista de uber informou que ele tinha sido assaltado ao sair da churrascaria, na última segunda-feira (7).

No entanto, as investigações da Polícia Civil, apontaram que ele participou do assalto à churrascaria auxiliando na fuga. Ele havia informado no boletim, que o seu veículo Fiat Uno Drive, cor branca, foi roubado entre 15h30 e 16h, quando estacionava na churrascaria. 

De acordo com o delegado, Diego Martimiano, inicialmente, a polícia desconfiou que os ladrões tivessem roubado o carro para usar no crime. E que o horário do assalto do carro, teria sido entre 15h30 e 16h da tarde, porém, o assalto foi antes. A partir daí, a polícia levantou suspeitas de Glênio e começou a investigação.

Conforme ainda o delegado, a polícia desconfiou dos relatos do Glênio, quando foi descoberto que o veículo tinha sido usado no assalto à churrascaria e que os horários informados não batiam.

Confrontado com as imagens, Glênio acabou confessando o crime e acabou preso.

Veja o vídeo:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO



VÍDEO PUBLICIDADE