Cuiabá, 30 de Maio de 2024

CIDADES Segunda-feira, 03 de Abril de 2017, 10:18 - A | A

03 de Abril de 2017, 10h:18 - A | A

CIDADES / FALTA DE AMBULÂNCIA

Bombeiros interditam "Grito do Rock" e bandas se apresentam no chão

Palco e diversos problemas colocavam em risco segurança do público

Da Redação



 

 

(Foto: Divulgação)

karollen

 

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) interditou na tarde deste domingo (02) a estrutura física do evento “Grito do Rock”, na Arena Pantanal em Cuiabá. A festa estava marcada para às 15h e por causa de irregularidades contratuais, as bandas tiveram que se apresentar no chão.

 

De acordo com o major Heitor Fernandes, haviam 13 pendências no processo da 10° edição do “Grito do Rock”, cuja segurança local seria a principal causa, que desde a última quinta-feira (30) estava prevista para ser solucionada, porém, sem sucesso.

 

O projeto deu entrada e foi analisado logo após no dia vinte e quatro de março e ele teve treze pendências e não eram somente questões burocráticas e documentais, eram questões de segurança também, inclusive não tinha o contrato da ambulância que é obrigatório”, disse.

 

O evento cuiabano foi patrocinado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e a Secretaria Municipal de Esporte e Turismo da Capital e demais empresas do ramo privado.  

 

No local, haviam várias pessoas na expectativa de curtir os sons das bandas e aproveitar as atividades culturais programadas para ocorrer. No entanto, para não perder o público, a organização decidiu de última hora improvisar uma “pequena aparelhagem” e realizar os shows no chão, visto que o palco não possuía condições de ser utilizado.

 

Ele não conseguiu sanar as pendências e o processo não foi aprovado. Ele [organizador] entrou com uma resposta na quinta-feira, por exemplo da ambulância, e o não foi aprovado o processo engenheiro e a equipe deslocou próximo das duas horas da tarde já para fazer a interdição, e chegando lá o pessoal desesperado para que não fosse interditado, eles resolveram abrir mão de uma série de itens para tentar se enquadrar em evento de risco mínimo”, explica o major.

 

(Foto: Reprodução)

karollen

 

Foram convidados para tocar no “Grito do Rock” artistas e bandas nacionais como a tão esperada Boogarins (Goiânia), Billy Espíndola, Facção Caipira (Rio de Janeiro), Cão Latino, Dario Júlio e os Franciscanos (Distrito Federal), Hendson, Lord Crossroads, Karola Nunes, RedEyes (Tangará da Serra), The Banana Chips e João Reis.

 

 

Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, para realizar finalmente o evento, a organização aceitou alguns termos técnicos que se enquadram na vistoria sem necessidade de apresentação de alvará, por ser considerado de risco mínimo.

 

Risco mínimo não precisa do alvará de funcionamento, não precisa da vistoria dos bombeiros, ou seja, são os pequenos eventos sem risco. Então ele [organizado] aceitou isso e disse ‘olha vou retirar tudo então’. Retirou pista de skate que tinha lá, a delimitação que estava sendo com gradismo e metálico, algumas tendas e ficou um último problema que era do gerador”, salientou.

 

O Única News tentou contato com os organizadores, mas até o fechamento desta edição não conseguiu conversar com ninguém.

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia