Cuiabá, 23 de Julho de 2024

CIDADES Sexta-feira, 09 de Fevereiro de 2024, 19:11 - A | A

09 de Fevereiro de 2024, 19h:11 - A | A

CIDADES / EM APENAS 9 DIAS

Mato Grosso inicia o Carnaval com mais de 2,7 mil casos de covid em fevereiro

Secretaria Estadual de Saúde recomenda a vacinação somada a medidas como o uso de máscara e higienização das mãos.

Ari Miranda
Única News



Faltando poucas horas para o início do Carnaval 2024 em Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) orienta a população sobre as medidas necessárias para evitar o aumento de casos da Covid-19 no estado.

Conforme o Painel Epidemiológico da Covid-19, entre o dia 1º de fevereiro e a tarde desta sexta-feira (9), o estado registrou 2.764 casos da Covid-19 e duas mortes, registradas na última terça-feira (6), sendo uma idosa de 88 anos, moradora da cidade de Água Boa (640 Km de Cuiabá); e outra mulher, de 54 anos, em Alto Paraguai, a 215 Km da capital.

A secretaria alerta a população para os cuidados básicos para evitar a doença, como o uso de máscara e higienização das mãos com água e sabão ou álcool 70%, destacando ainda que a vacina ainda é o método mais eficaz no enfrentamento às formas graves da doença.

“Não podemos baixar a guarda para o vírus, em especial no período festivo do carnaval. É importante que as pessoas aptas à vacinação busquem uma unidade de saúde para se imunizarem contra a Covid-19. A vacina ainda é o método mais eficaz no enfrentamento às formas graves da doença”, lembra Juliano Melo, secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde da SES-MT.

Além disso, Juliano alerta que, em caso de sintomas gripais, a recomendação ao cidadão é ir até uma unidade de saúde para fazer o teste da Covid-19 e evitar sair de casa.

“Sabemos que o vírus da Covid-19, assim como o da influenza, são gripais e transmitido por vias respiratórias. Por isso, é imprescindível o isolamento nestes casos. Outra medida necessária é não frequentar casa de familiares e amigos, porque, para além do carnaval, muitas pessoas aproveitam esse feriado prolongado para fazer visitas, o que pode colaborar para o contagio do coronavírus”, alertou o secretário.

Informe epidemiológico

Com o objetivo de orientar estudantes, professores, gestores, funcionários, pais e a comunidade em geral, a SES divulga o segundo Informe Epidemiológico da Covid-19, que está disponível AQUI.

No documento, a Secretaria traz algumas orientações para o ambiente escolar, como a necessidade da vacinação, do distanciamento social, o uso de máscaras, higienização das mãos e adequação dos ambientes, com incentivo à ventilação natural.

O informe ainda recomenda a promoção do acesso à informação por meio de atividades educativas, além de evitar o compartilhamento de objetos, implementação de protocolos para monitoramento de sintomas, ensino remoto em caso de necessidade e comunicação efetiva entre a instituição de ensino e as Secretarias Municipais de Saúde, responsáveis pela aplicação dos imunizantes contra o vírus.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia