Cuiabá, 25 de Maio de 2024

CIDADES Domingo, 19 de Março de 2017, 11:41 - A | A

19 de Março de 2017, 11h:41 - A | A

CIDADES / RECONSTRUINDO A CIDADE VERDE

Mudas do cerrado e frutíferas são entregues para comunidade em VG

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Divulgação)

867d2ef1118e6bb002f610f2d75b69b9.JPG

 

Mais de três mil mudas de árvores nativas foram plantadas em Várzea Grande, sendo boa parte delas entregue a população. 

 

A ação é promovida pela secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável e a  Instituto Ação Verde. 

 

A secretária da pasta, Helen Farias Ferreira, afirma que a distribuição de mudas é uma forma dinâmica de promover a educação ambiental e arborizar o Município. “Temos uma necessidade urgente de recuperar as áreas verdes. Uma ação que parece simples, como o ato de plantar uma árvore, vai beneficiar gerações futuras e acaba realizando na prática a educação ambiental”. 

 

No caso dos bairros atendidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), como o Altos do Boa Vista e o Parque São João, a gestora explica que a arborização é um complemento à ação iniciada pelos moradores. 

 

“Assim que o asfalto chegou os moradores começaram a fazer calçadas, pintar fachadas, construir muros e fazer reformas. Faltavam as árvores para completar o novo cenário", disse. 

 

A secretaria de Meio Ambiente e o Instituto Ação Verde estão distribuindo espécies nativas do Cerrado, levando em conta o local disponível onde a pessoa deseja plantar na área urbana ou rural. A maioria das mudas são ipês, inclusive de jardins, mogno e nim, mas há mudas de árvores frutíferas como jabuticaba, amora, maracujá, ingá, pitomba e tamarino. 

 

“O Instituto Ação Verde vem promovendo a recuperação e a preservação de áreas degradadas nas margens dos rios mato-grossenses, contribuindo para o fortalecimento do processo de educação ambiental", ressalta. (Com informações da Assessoria)

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia