Cuiabá, 25 de Junho de 2024

CIDADES Sexta-feira, 31 de Maio de 2019, 10:29 - A | A

31 de Maio de 2019, 10h:29 - A | A

CIDADES / APREENDIDAS EM FISCALIZAÇÕES

Onça pintada, gavião, aracuã-do-pantanal e outras espécies são soltas na natureza

ÚnicaNews
Com assessoria



Cerca de 40 animais silvestres apreendidos em operações de fiscalização ou entregues voluntarimente, foram soltos entre março e abril na natureza. Segundo a Secretaria de estado de Meio Ambiente (Sema-MT), a ação ocorreu de três formas: por meio de soltura branda, aquela em que o animal continua sendo monitorado por um tempo, por destinação a empreendimentos credenciados e por soltura imediata.

Os locais escolhidos para a soltura branda e imediata foram regiões da baixada cuiabana. Algumas espécies foram destinadas ao Criadouro Paradijsvogel, em Teixeira Soares, no Paraná e ao Instituto Onça Pintada, em Mineiros, Goiás.

Entre as espécies soltas ou destinadas estão: onça pintada, tamanduá bandeira, tamanduá mirim, anta brasileira, veado catingueiro, aracuã-do-pantanal, cateto, jiboia, cágado-de-barbicha, passeriforme, jabuti-piranga, gavião carcará, Coruja Caburé, Corujinha do Mato, Maracanã-de-cara-amarela, maitaca-da-cabeça-azul, jandaia-coquinho, gralha-do-campo, marreca-cabocla, arara piranga, arara vermelha, tucano toco.

(Foto: Divulgação/Sema)

Aninamais soltos

 

Um destes animais é um filhote de onça resgatado pela Sema em fevereiro no assentamento Rural Ariranha, no município de Santo Afonso (280 km a médio norte de Cuiabá). Ele foi destinado ao Instituto Onça Pintada, em Mineiros. O animal chegou a Cuiabá muito debilitado e foi internado no Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá (Unic) onde realizou exames e passou por tratamento.

O trabalho foi realizado em conjunto com o Batalhão Ambiental, Hospitais Veterinários da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade de Cuiabá (Unic), além das instituições parceiras e empreendimentos que receberam os animais.

O Coordenador de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Christiano Justino, destacou o trabalho na gestão de Fauna no Estado. “Hoje diminuímos muito nosso passivo e estamos conseguindo trabalhar a gestão de fauna com mais empenho. Os animais estão sendo bem encaminhados e destinados graças ao empenho de todos da Sema, no Batalhão e de instituições parceiras. Nossa meta é devolver o mais rápido possível a natureza”.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Álbum de fotos

(Foto: Divulgação/Sema)

(Foto: Divulgação/Sema)

(Foto: Divulgação/Sema)

(Foto: Divulgação/Sema)

Comente esta notícia