Cuiabá, 25 de Fevereiro de 2021

CIDADES
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2021, 16h:22

CRIME PREVÊ MULTA E PRISÃO

Seduc investiga denúncia sobre compra de certificados para validação de pontos

Elloise Guedes
Única News

Foto: Secom - MT

Uma denúncia de que professores da rede estadual teriam comprado certificados para validação de pontos no Processo de Atribuição Simplificado (PAS) de 2021, está sendo apurada pela Secretaria Estadual de Educação de Mato Grosso (Seduc).

O PAS é o modo de seleção de aulas e jornada de trabalho de acordo com a somatória de pontos. De acordo com a denúncia, as negociações eram feitas por contato online e o professor fazia a solicitação de qual área necessita do certificado e quantas horas. O profissional recebia o certificado sem precisar cursar, após o pagamento.

Por meio de nota, a Seduc afirmou que as autoridades criminais já foram informadas sobre o caso e que todas as providências já foram tomadas.

O PAS estabelece critérios para atribuição de escolas, classes, aulas e jornada de trabalho nas unidades educacionais do estado. O seletivo funciona através do sistema de pontos de acordo com a formação, cursos e experiência do profissional.

Atualmente, mais de 20 mil profissionais da Educação passam pelo processo de atribuição de aulas. O uso dos certificados falsos pode se enquadrar no crime de falsificação de documento público, que prevê multa e prisão de dois a seis anos.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Marks  23-01-2021 11:43:23
Então, gostaria de saber, o que vai acontecer, caso se comprove, pois tenho certeza que sempre acontece isso, será, tirado do sistema, será diminuído ponto, sendo que as contratações podem se realizar nas próximas semanas, enquanto muitos assistem as aulas, fazem questionamentos, para ter a nota, assim obtendo a certificação da carga horário.

Responder

0
0

MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE