Cuiabá, 22 de Junho de 2024

CIDADES Domingo, 05 de Março de 2017, 15:58 - A | A

05 de Março de 2017, 15h:58 - A | A

CIDADES / AVENIDA FERNANDO CORRÊA

Semob anuncia medidas emergenciais no trânsito de Cuiabá

Decisão foi tomada para desafogar trânsito em uma das principais vias da Capital

Da Redação



(Foto: Divulgação)

 

Uma série ações emergenciais foram tomadas na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá. As medidas foram adotadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), com objetivo de garantir maior fluidez no trânsito, em decorrência da interdição da ponte Professor Benedito Figueiredo, que interliga o bairro Jardim Califórnia  Beira Rio, com a Avenida Engenheiro Quidauguro Fonseca, no bairro Coopnhema.

 

O trânsito na ponte foi interrompido pela Defesa Civil, no último dia 16 de fevereiro, que verificou um processo de “desbarrancamento” iniciado em novembro do ano passado, mas que se acentuou com o período chuvoso. A interdição da ponte causou um aumento de fluxo na Fernando Corrêa da Costa, tornando-se primordial a adoção de ações que pudessem melhorar a trafegabilidade pelo local.

 

Uma providência importante adotada pela SEMOB foi abertura do canteiro central na Avenida Fernando Corrêa da Costa, na altura da Avenida Antônio Dorileo. No local foi instalado um conjunto semafórico, que irá minimizar os efeitos causados na via.

 

A ação de mobilidade conta ainda com a inversão de sentido das ruas Franco de Oliveira, Francisco Pinheiro e rua 4, além da implantação de uma “direita livre” para quem trafega pela Fernando Corrêa da Costa (sentido bairro) e deseja acessar a Antônio Dorileo. A previsão é de que esta última medida entre em vigor na próxima semana.

 

Além disso, a Secretaria tem disponibilizado todos os dias uma equipe composta por 15 agentes de trânsito para atuarem no local. Principalmente nos horários de pico, os agentes se posicionam em pontos estratégicos, a fim de fazer um trabalho orientativo que possibilite aos condutores a realização de percurso com a devida garantia de segurança. 

 

 

Conforme explica o diretor de trânsito da SEMOB, Michel Diniz, as medidas, apesar de paliativas, devem ajudar o condutor a trafegar de forma mais tranquila na região. "Temos o conhecimento de que com a interdição da ponte o fluxo de veículos nesse local sofreu um grande aumento. Por conta disso, adotamos essas providências com o intuito de garantir uma melhor trafegabilidade", disse. 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia