Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

POLÍCIA
Sexta-feira, 10 de Julho de 2020, 13h:07

VEJA FOTOS

Carretas batem de frente e motoristas ficam gravemente feridos

Única News
Da Redação

(Foto: CBM-MT)

Um grave acidente envolvendo duas carretas, deixou dois motoristas gravemente feridos nessa quinta-feira (9), no km-164 da BR-364, cerca de 20km do município de Pedra Preta (a 242 km de Cuiabá). Um dos motoristas ficou preso nas ferragens.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local onde isolou a área e comunicou o fato ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e ao Corpo de Bombeiros. Os motoristas não tiveram os nomes divulgado.

A equipe de resgate dos bombeiros trabalhava para retirar o motorista, com segurança, do meio dos destroços do caminhão. O trabalho demorou quase duas horas, até que a vítima, em estado mais grave, fosse entregue aos cuidados da equipe médica.

O outro motorista ficou bastante ferido mas não ficou preso nas ferragens. Eles foram rapidamente encaminhados ao Hospital Regional de Rondonópolis, devido à gravidade dos ferimentos. Não há informações sobre o atual estado de saúde das vítimas.

O trecho em que o acidente aconteceu está passando por obras e por isso o tráfego no local está funcionando no modo “Pare e Siga”, quando a passagem é revezada entre os dois sentidos da pista para que o fluxo de veículos continue fluindo, embora de forma mais lenta.

No acidente, um dos veículos não teria aguardado até que sua passagem fosse liberada e seguiu desrespeitando a sinalização, quando causou a batida de frente entre as duas carretas. Após a batida, os dois motoristas perderam o controle da direção, saíram da pista e as carretas só pararam após baterem novamente em árvores à margem da via.

A Polícia Civil também foi acionada no local e investiga as causas do acidente.

Galeria de fotos:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE