Cuiabá, 15 de Junho de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 14:20 - A | A

21 de Maio de 2024, 14h:20 - A | A

POLÍCIA / RIXA ANTIGA

Homem que deu facada no coração de rival diz que matou porque “cansou de apanhar"

Suspeito confessou o crime. Homem desferiu várias facadas contra o rival, que morreu na hora.

Ari Miranda
Única News



Policiais militares da cidade de Juína (745 Km de Cuiabá) apreenderam na tarde do último domingo (19) um criminoso identificado como José Carlos Pigari (49). "Boy", como é conhecido no município, foi apontado pela Polícia Civil como autor do homicídio de Valdinei Bandeira (35), o "Valtinho", ocorrido horas antes no município

A vítima recebeu várias facadas por volta das 4h30 madrugada de domingo, próximo a um bar no bairro São José Operário. Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima morreu no local.

LEIA: Homem é morto a facadas e tem corpo encontrado perto de boate

Em depoimento na delegacia de Polícia Civil de Juína, o homem confessou o crime, alegando que já tinha desavenças com “Valtinho”, relatando que em outras ocasiões, foi agredido pelo rival. Além disso, contou que, na madrugada de sábado para domingo, eles estavam bebendo no mesmo bar quando, novamente, se desentenderam e ele acabou sendo ameaçado de morte por Valtinho.

Assim que recebeu a ameaça, “Boy” saiu do bar e foi até sua residência, pegou uma faca de cozinha e, na volta, golpeou seu desafeto diversas vezes. Segundo a perícia, uma das facadas atingiu o coração de Valdinei, que morreu na hora.

Segundo o delegado de Polícia Civil Ronaldo Binoti Filho, o autor do crime não é um indivíduo perigoso e tinha, até então, apenas uma passagem criminal pela lei Maria da Penha, registrada em 2008. Neste sentido, o oficial vê o homicídio como mais um crime de bar.

Sobre alegações de que o criminoso seria incapacitado mentalmente, o delegado destacou que informações preliminares apontam apenas o uso de medicação e bebida alcóolica pelo suspeito, porém com domínio sobre suas ações, ressaltando que um exame psicológico poderá ser requerido durante o processo.

José Carlos foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, a arma do crime foi apreendida.

A Polícia Civil segue nas investigações e busca agora imagens de câmeras de segurança próximas ao local onde aconteceu o fato.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3