Cuiabá, 21 de Julho de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 03 de Junho de 2024, 12:59 - A | A

03 de Junho de 2024, 12h:59 - A | A

POLÍCIA / EM SORRISO

Mulher leva tiro na cabeça após ser acusada de traficar sem permissão de facção

Vítima perdeu massa encefálica e foi encaminhada ao hospital em estado grave.

Ari Miranda
Única News



Uma mulher de iniciais C.S. (idade não revelada) sofreu uma tentativa de execução na madrugada deste domingo (2) em Sorriso (397 Km de Cuiabá). De acordo com registro da Polícia Militar, o crime foi atribuído a uma das facções criminosas em atuação na cidade e teria sido cometido porque a vítma estava traficando entorpecentes sem a autorização da organização criminosa.

Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas informaram à PM que dois homens chegaram ao local em uma motocicleta e arrombaram a porta da residência e em seguida renderam a mulher juntamente com seus familiares.

Os familiares da mulher foram levados para um dos quartos da casa. Enquanto isso, segundo uma das testemunhas, a mulher permaneceu de joelhos na sala, onde após uma ligação recebida por um dos criminosos, recebeu o disparo na cabeça. Em seguida, a dupla fugiu do local.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. O local foi isolado e a vítima levada em estado grave pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional de Sorriso. Segundo os agentes que atenderam a ocorrência, no atentado C. S. acabou perdendo massa encefálica e, caso sobreviva, poderá ficar com sequelas do crime.

À PM, o marido da vítima disse apenas que um dos bandidos a questionou sobre o motivo dela estar vendendo drogas sem autorização da facção. Contudo, o homem garantiu que a esposa não traficava entorpecentes.

Até o momento, a dupla que cometeu o crime não foi localizada e o atual estado de saúde da vítima não foi revelado.

O caso foi entregue à Polícia Civil, que prosseeguirá com as investigações.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3