Cuiabá, 22 de Junho de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 19 de Abril de 2024, 17:07 - A | A

19 de Abril de 2024, 17h:07 - A | A

POLÍCIA / SERIAL KILLERS EM VG

Mulher que ajudou a matar motoristas namorava menor de 15 anos e ficaria com dinheiro dos carros roubados

Em depoimento, suspeita confessou participação indireta nos crimes e que teria emprestado sua conta em App de corridas para os comparsas

Ari Miranda
Única News



Keise Melissa Rodrigues (25), apontada como a quarta envolvida nas mortes de três motoristas de aplicativo entre os dias 11 e 14 de abril, na baixada cuiabana, se entregou à Polícia Civil no início da tarde desta sexta-feira (19). O mandado de prisão havia sido expedido pela Quinta Vara Criminal de Várzea Grande, após avanço das investigações da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que apontaram o envolvimento dela nos crimes.

Segundo o delegado Maurício Maciel Pereira Júnior, a suspeita, que já possui uma passagem por roubo, foi detida ao se apresentar na sede da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP), onde disse que se sentiu pressionada pelas buscas das equipes policiais.

Conforme as investigações, Keise conhecia os três suspeitos do crime e foi apontada nas investigações como a mulher que emprestou a conta em um aplicativo de corridas, para que Lucas Ferreira da Silva (20) e os menores de idade L.P.S (17) e E.G.M.L (15), este último com quem ela tinha um relacionamento, matassem os motoristas Márcio Rogério Carneiro (34), Elizeu Rosa Coelho (58) e Nilson Nogueira (42), entre os dias 11 e 15 deste mês.

“Ela falou no interrogatório que conhecia todos os suspeitos, que era amiga de convívio deles. Teve até um relacionamento ‘en passant’ [passageiro] com um deles. Ela não cita que é namorada ou nada, mas que teve um relacionamento e que conhecia todo mundo [do bando]”, disse o delegado Olímpio Fernandes, durante coletiva de imprensa, logo após a prisão da suspeita.

Segundo o delegado Maurício Maciel, além de ceder a conta para os três rapazes cometerem os crimes, a função de Keise no grupo era bem distinta, ficando com a responsabilidade vender os veículos roubados das vítimas.

“Ela seria responsável por dar direcionamento para esses veículos que iriam ser subtraídos. Então para nós é nítida a existência desse ajuste breve, dos fatos, dos roubos e até mesmo do resultado da morte”, destacou.

“Há indicativo, tanto na declaração dos que foram presos e apreendidos antes, que ela [Keise] tinha conhecimento [dos crimes]. Inclusive, ela iria auferir alguma vantagem da venda dos veículos”, pontuou.

A suspeita permanece presa na DHPP, onde deve ser novamente ouvida nas próximas horas e aguardará transferência para a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto “May”.

Reprodução

adulto e dois menores que mataram motoristas de aplicativo

 

CRIMES EM SÉRIE

Os criminosos foram presos na última segunda-feira (15), após serem apontados como autores das mortes de Márcio, Elizeu e Nilson, entre a quinta-feira da semana passada (11/04) e domingo (15), na região metropolitana de Cuiabá.

Após as mortes de suas vítimas, o trio tinha por hábito ir para a região do Zero Quilômetro, em Várzea Grande, local conhecido como área de prostituição, para “comemorarem” os crimes, usando cocaína e mantendo relações sexuais com garotas de programa.

Lucas teve sua prisão em flagrante convertida em preventiva pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá nesta terça-feira (16). Ele foi autuado em flagrante por triplo homicídio qualificado, roubo majorado, restrição de liberdade das vítimas, grave ameaça com emprego de arma branca, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

Os menores de idade também foram autuados e aguardam vaga para internação em unidade do Sistema Socioeducativo.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3